ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 32º

Meio Ambiente

Árvore condenada ameaçava parque infantil na Praça Ary Coelho

Por Aline dos Santos e Aliny Mary Dias | 16/09/2013 10:07
Árvores da praça passam por "faxina" nesta segunda-feira. (Foto: Marcos Ermínio)
Árvores da praça passam por "faxina" nesta segunda-feira. (Foto: Marcos Ermínio)
Base do tronco de árvore condenada. (Foto: Marcos Ermínio)
Base do tronco de árvore condenada. (Foto: Marcos Ermínio)

Um pé de tamarindo, que ameaça cair sobre o parquinho das crianças, será removido na praça Ary Coelho, no Centro de Campo Grande. Fechado ao público nesta segunda-feira, o local passa por vistorias nas árvores.

A medida foi tomada após o susto da tarde de 3 de setembro, quando um jacarandá de quinze metros caiu e deixou duas mulheres feridas, sendo uma gestante.

Conforme a Fundac (Fundação Municipal de Cultura), órgão responsável pela administração da praça, o tamarindeiro está condenado e, portanto, oferece riscos. A retirada pode se estender até amanhã, o que pode ocasionar o fechamento do local por mais um dia.

Nesta segunda-feira, a maioria das árvores passava por poda. A faxina conta com caminhões, escadas e cortadores de longo alcance. Ainda haverá análise para decidir sobre a retirada de outras árvores.

A queda - No último dia 3, a queda do jacarandá provocou correria e susto. Duas mulheres, ficaram feridas e foram levadas pelo Corpo de Bombeiros à Santa Casa. Elas tiveram ferimentos leves.

Quando o jacarandá caiu, levou junto um coqueiro. A árvore caiu sobre o banco, que ficou rachado ao meio. A queda também entortou uma poste de luz.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário