ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUARTA  22    CAMPO GRANDE 27º

Meio Ambiente

Até abril, grupo deve apresentar projeto para recuperação do Rio Formoso

Rio pede socorro com episódios de turvamento e transbordamento, além de pontos sensíveis de assoreamento

Por Cassia Modena | 20/12/2023 09:56
O Rio Formoso turvo, irreconhecível, em área reservada para banho (Foto: Divulgação)
O Rio Formoso turvo, irreconhecível, em área reservada para banho (Foto: Divulgação)

O Rio Formoso em Bonito, que faz parte da bacia hidrográfica de mesmo nome, tem pedido socorro com pontos sensíveis de assoreamento e episódios de turvamento e transbordamento cada vez mais frequentes.

Suas águas cristalinas acabam tingidas e extrapolam o leito, ao reter sedimentos. Desmatamento e o uso de áreas próximas para atividades agropecuárias têm sido as causas disso, conforme especialistas ouvidos pelo Campo Grande News nos últimos anos.

Após o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) começar a investigar omissão do Imasul, o Instituto do Meio Ambiente do governo estadual, quanto a esses problemas e pedir proteção à Serra da Bodoquena – o que inclui a Bacia Hidrográfica do Formoso – um grupo de trabalho será formado para criar e apresentar projeto de recuperação e uso sustentável do conjunto de águas e seus recursos naturais.

A criação foi oficializada nesta quarta-feira (20) no Diário Oficial do Estado. O grupo terá o prazo de 120 dias, a contar da data da publicação, para concluir o projeto. O prazo vencerá em 18 de abril, no entanto, poderá haver prorrogação por igual período.

Quem fará parte - O projeto será feito por representantes do Imasul; da Semadesc (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência Tecnologia e Inovação); da Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica); da Seilog (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística); da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos); e da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul); do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

Além disso, vão compor o grupo dois representantes da Prefeitura de Bonito e um representante da Ambiental MS Pantanal, entidade formada em parceria entre a Aegea, empresa provida de saneamento e a Sanesul, empresa pública de saneamento de Mato Grosso do Sul.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.


Nos siga no Google Notícias