ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 25º

Meio Ambiente

Caminhão derrama gordura animal, causa acidentes e poluição de córrego

Além da multa de R$ 20 mil estipulada pela PMA (Polícia Militar Ambiental), os responsáveis da empresa que transportava o contaminante, ainda poderão responder por crime culposo de poluição.

Por Adriano Fernandes | 10/04/2018 20:46
Motociclistas e condutores de carros deslizaram no local após o incidente. (Foto: Divulgação/PMA)
Motociclistas e condutores de carros deslizaram no local após o incidente. (Foto: Divulgação/PMA)

Empresa paulista foi multada em R$ 20 mil depois que um caminhão tanque, derramou gordura animal na rodovia BR- 158, no perímetro urbano de Cassilândia, cidade a 418 quilômetros de Campo Grande.

O incidente ocorreu quando a válvula do caminhão se rompeu espalhando o material sobre a pista, causando quedas de motociclistas e até poluição das águas do córrego Cedro, na cidade. A via escorregadia, também fez com que condutores perdessem o controle da direção de veículos. O caminhão da empresa como sede em Araçatuba, SP, seguia da cidade de Chapadão do Sul para Paranaíba.

Além da multa de R$ 20 mil estipulada pela PMA (Polícia Militar Ambiental), os responsáveis ainda poderão responder por crime culposo de poluição. A pena é de seis meses a um ano de detenção.
A empresa também foi notificada a realizar a remoção da gordura e recuperação da área afetada, além de apresentar os resultado em até 30 dias à PMA de Cassilândia, que encaminhará os documentos ao Ministério Publico, que deve vistoriar se a recuperação foi de fato cumprida.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário