ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  15    CAMPO GRANDE 18º

Meio Ambiente

Duas mulheres foram flagradas pela PMA criando aves ilegalmente

Por Ana Maria Assis | 10/01/2011 09:31

Duas mulheres foram flagradas pela Polícia Militar Ambiental (PMA) em Selvíria com 20 aves, criando ilegalmente os animais silvestres. Os policiais agiam durante uma operação que começou na sexta-feira (7) e terminou ontem (10), quando receberam a denúncia.

Inicialmente, a PMA recebeu a informação de que havia criação ilegal no bairro Vitória do mesmo município. Na residência indicada não foram encontrados animais, mas as buscas levaram a outra casa, onde a PMA descobriu 12 aves silvestres, sendo oito canários-da-terra e 12 coleiras do brejo. Os pássaros serão encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, em Campo Grande.

Cada uma das duas mulheres, de 30 e 34 anos, são moradoras de uma das residências e seriam as responsáveis pela manutenção dos animais em cativeiro. Além de pagar uma multa de R$ 6 mi, as duas vão responder por crime ambiental.

Também durante a operação, em Aquidauana, três homens foram presos por atividade de caça. O flagrante levou também à apreensão de armas e animais silvestres, na Fazenda Retirinho. Com os caçadores, foram encontradas uma espingarda calibre 22, 56 munições e quatro facas.

Eles estavam com um pato silvestre abatido e três filhotes vivos de porco-monteiro, além das armas e duas motocicletas. Outra arma abandonada perto foi identificada como de propriedade do grupo. Os presos foram autuados na Delegacia de Polícia Civil por porte ilegal de arma e por crime ambiental de caça. Cada um recebeu multa de R$ 2 mil.