A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

15/11/2018 10:01

Feriadão será de céu nublado e muita chuva em MS, prevê meteorologia

Ontem, forte pancada de chuva e ventos de até 50 quilômetros por hora atingiram a região norte de MS

Guilherme Henri
Céu nublado na manhã desta quinta-feira (15) na região do Jardim dos Estados (Foto: Paulo Francis)Céu nublado na manhã desta quinta-feira (15) na região do Jardim dos Estados (Foto: Paulo Francis)

O feriadão da Proclamação da República, nesta quinta-feira (15), será de céu nublado, ventos fortes e muita chuva em todo o Estado principalmente de tarde, prevê o meteorologista da Uniderp, Natalio Abrahão. Além disso, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta de tempestade com granizo para Campo Grande e outras 35 cidades.

Isso ocorre devido a uma frente fria que avança pelo Atlântico permanece oscilando pelo sul do Estado. As temperaturas máximas caem, principalmente nas áreas de divisa com o Paraguai.

Porém, mesmo com a “chuvarada” o dia permanece abafado. As temperaturas máximas em Mato Grosso do Sul devem ficar na casa dos 33ºC.

Em Campo Grande, dia nublado com pancadas de chuva e trovoadas, temperatura máxima de 28ºC e umidade relativa do ar mínima em 90% e 65%. Em Dourados e Ponta Porã, as máximas serão de 30ºC, em Sonora, Rochedo, Três Lagoas, Sidrolândia, São Gabriel do Oeste, Selvíria e Paranaíba 32ºC, em Corumbá, Aquidauana, Porto Murtinho e Miranda 33ºC.

Chuva e vento forte – Ontem (14), desde o início da tarde até pelo menos 19h, rajadas de ventos entre 40 e 50 quilômetros por hora atingiram Sonora – a 364 quilômetros por hora – no norte do Estado.

Conforme o meteorologista Natalio Abrahão, no município que faz divisa com o estado de Mato Grosso, a máxima chegou a atingir 37ºC com sensação térmica de 41ºC. As altas temperaturas contribuíram para que uma forte pancada de chuva atingisse o município. Entretanto, o fenômeno não foi captado pelos pluviômetros.

Enquanto isso, em Cassilândia a chuva foi mais forte. Na cidade, o acumulado foi de 27 milímetros com ventos de até 40 quilômetros por hora. Em Chapadão do Sul, a chuva foi de 11 milímetros com ventos de 50 quilômetros por hora entre 18h e 19h de ontem.

Já em Costa Rica, a chuva mais pareceu um “chuvisco”. No município, o registrado foi de 1,2 milímetros. Na Cidade Branca, em Corumbá, as condições meteorológicas da tarde de ontem foram semelhantes a de Sonora: muito calor durante o dia e pancada de chuva forte e rápida de tarde.

Alerta - O alerta de risco de tempestade continua valendo para 36 cidades. Os municípios que devem ficar em alerta são: Alcinópolis, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Brasilândia, Camapuã, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Inocência, Jaraguari, Ladário, Miranda, Nova Alvorada do Sul, Paranaíba, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Sidrolândia, Sonora, São Gabriel do Oeste, Terenos, Três Lagoas e Água Clara.

Estradas - Além disso, quem vai pegar a estrada também precisa ter atenção redobrada, segundo o meteorologista Natalio. "Quem está na estrada ou em ponta Porã precisa ter cuidado, pois a previsão é de forte nevoeiro no trecho. Com isso, a umidade relativa do ar fica 100%, e a temperatura em 22ºC.

Próximos dias - Amanhã (16) e sábado (17) as temperaturas voltam a subir e as instabilidades diminuem com pancadas de chuva de forma mais isolada e menos persistentes. No domingo (18) novas instabilidades aumentam o risco de tempestades severas no MS, começando a partir do sudoeste do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions