A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018

01/10/2018 17:16

Governo privatiza serviços em 11 parques, entre eles o da Bodoquena

Segundo o Ministério do Turismo, a parceria será aplicada nos serviços de apoio à visitação, ao turismo ecológico, interpretação ambiental e recreação em contato com a natureza

Geisy Garnes
Serra da Bodoquena (Foto: Geisy Garnes)Serra da Bodoquena (Foto: Geisy Garnes)

O governo federal prepara editais de concessão de alguns serviços para a iniciativa privada em 11 parques nacionais, entre eles o Parque Nacional de Serra da Bodoquena. Segundo o Ministério do Turismo, a parceria será aplicada nos serviços de apoio à visitação, ao turismo ecológico, interpretação ambiental e recreação em contato com a natureza.

A privatização de alguns serviços oferecidos pelos parques nacionais começou em agosto, quando o primeiro edital foi lançado para o Parque Nacional do Pau Brasil, que fica em Porto Seguro (BA). Bodoquena e outras nove reservas naturais devem ter os editais lançados nos próximos dias.

A unidade de conservação em Mato Grosso do Sul tem 77.021,58 hectares e foi criada em 21 de setembro de 2000 com o objetivo de proteger o Cerrado. A área de preservação de gestão federal tem território em Bodoquena, Bonito, Jardim e Porto Murtinho.

Em entrevista ao Campo Grande News, em junho deste ano, Leonardo Palma - gerente das Unidades de Conservação em Mato Grosso do Sul, ligado ao Imasul ( Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) - explicou que o projeto não se trata de uma privatização, mas sim uma concessão de serviços. “A privatização você repassa tudo para um terceiro, nesse caso eles estão concedendo serviço de turismo”, afirmou.

O processo de concessão está sendo conduzida pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), em parceria com os ministérios do Turismo e do Meio Ambiente. O objetivo das concessões é captar recursos privados para qualificar a infraestrutura dos parques, estimular o turismo e a preservação ambiental das áreas.

Ainda serão lançados editais para os parques da Chapada dos Veadeiros (GO), Lençóis Maranhenses (MA), Itatiaia (RJ), Caparaó (MG), Jericoacoara (CE), além da Chapada dos Guimarães (MT), Serra da Canastra (MG), Aparados da Serra e Serra Geral (RS) e Floresta Nacional de Canela (RS).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions