ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 17º

Meio Ambiente

Em 1 semana, homem é autuado 2 vezes por pesca predatória

Por Ricardo Campos Jr. | 19/12/2010 10:20

PMA apreendeu com ele 32 quilos de pescado

Cláudio Alberto de Souza Silva, morador da cidade de Aquidauana, foi atuado ontem (18) por crime ambiental pela segunda vez em 6 dias. Ele foi flagrado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) transportando 32 quilos de peixes capturados durante o período da Piracema.

O flagrante aconteceu em Aquidauana. Segundo informações da PMA, Cláudio foi levado à delegacia de Polícia Civil da cidade onde recebeu multa de R$ 1.640, pagou fiança e foi liberado em seguida.

Ele irá responder ao crime em liberdade e caso seja condenado poderá pegar de 1 a 3 anos de prisão.

Domingo passado, dia 12 de dezembro, Cláudio foi pego pelos policiais ambientais em uma moto Honda transportando 14 quilos de peixe. Ele trafegava pela BR-262 em Anastácio, cidade vizinha a Aquidauana. A moto e os peixes foram apreendidos.

A PMA alerta: durante a Piracema é permitida apenas a pesca de subsistência. Durante o período, policiais militares ambientais intensificam a fiscalização para impedir que o crime de pesca predatória, chegando a montar postos fixos em alguns locais, como cachoeiras, em que os cardumes estão mais vulneráveis.