ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 10º

Meio Ambiente

Inverno chega no dia 21 com estiagem e temperaturas abaixo dos 5ºC

A estação mais fria e seca do ano vai até às 21h04 do dia 22 de setembro

Por Viviane Oliveira | 13/06/2022 12:21
Antes do inverno, Mato Grosso do Sul registrou duas ondas de frio de intenso, inclusive, com registro de geadas. (Foto: Marcos Maluf)
Antes do inverno, Mato Grosso do Sul registrou duas ondas de frio de intenso, inclusive, com registro de geadas. (Foto: Marcos Maluf)

Depois de dois dias consecutivos de registros de geadas no extremo sul do Estado, o inverno começa formalmente em Mato Grosso do Sul às 5h14 do dia 21 de junho. A estação mais fria e seca do ano vai até às 21h04 de 22 de setembro com temperaturas que poderão ficar abaixo dos 5ºC.

Conforme o prognóstico para o inverno, divulgado pelo meteorologista da Uniderp, Natálio Abrahão, serão 94 dias de inverno, mas a ocorrência de massas polares frias só deve ocorrer nos primeiros 30 dias com o registro de declínios significativos da temperatura com episódios de nevoeiros e geadas no centro-sul do Estado, principalmente nas regiões mais baixas e serranas.

Os meses de agosto e início de setembro serão de pouca chuva. Não se descartam períodos longos, acima de 30 dias com estiagens sem ou pouca precipitação na Capital. O ar seco e o vento calmo vão favorecer a formação de poeira e fumaça. Essas condições favorecem ocorrências de queimadas, prejudicando a qualidade do ar.

Frentes frias e massas de ar polares frias são as principais situações meteorológicas que ocorrem durante o inverno. São os responsáveis pela queda de temperatura, ausência de chuvas significativas, umidade relativa muito baixa em torno dos 20%, ventos mais intensos e nevoeiros. Em média, no inverno, chove cinco vezes menos que no verão.

Outra situação que o meteorologista chama a atenção é para a amplitude térmica (diferença entre a temperatura máxima e a mínima), que deve ultrapassar os 15ºC. A temperatura máxima em Campo Grande, Três Lagoas, Ribas do Rio Pardo, Água Clara, Aquidauana e Corumbá, durante o dia, ocasionalmente, poderá alcançar valores elevados, acima de 30ºC, durante a estação, embora seja a mais fria do ano. O fenômeno ocorre devido aos bloqueios atmosféricos fortalecidos por massas de ar quentes e secas.

*Matéria editada no dia 17/06 para correção de informação.

Nos siga no Google Notícias