A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Julho de 2019

14/06/2019 14:36

Líder de ranking, Corumbá tem 1,7 mil hectares desmatados em 6 meses

MapBiomas validou 4.577 alertas de desmatamento, uma perda de 89.741 hectares de vegetação nativa

Gabriel Neris
Área de vegetação é desmatada no Pantanal de Corumbá (Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação)Área de vegetação é desmatada no Pantanal de Corumbá (Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação)

Diagnóstico do MapBiomas, sistema de alertas de desmatamento no Brasil, aponta que Corumbá, distante 419 km de Campo Grande, foi o município com maior perda de área, 32, totalizando 1.741 hectares neste ano.

Conforme o jornal Folha de São Paulo, atrás do município sul-mato-grossense aparecem Marcelândia (MT), com 1.567 hectares; Balsas (MA), com 1.340 hectares; Formosa do Rio Preto (BA), com 1.330 hectares; e Barreiras (BA), com 1.057 hectares.

O MapBiomas validou 4.577 alertas de desmatamento, uma perda de 89.741 hectares de vegetação nativa, área maior do que a de Goiânia. 

Os órgãos fiscalizadores recebem laudo pronto da organização para fazer autuação. O sistema cruza o banco de dados, como o Deter-B (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o CAR (Cadastro Ambiental Rural) e o Sinaflor (Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais do Ibama).

O MapBiomas, criado em 2015, une ONGs, universidades e empresas de tecnologia para mapear o uso da terra, é um sistema de validação e refinamento de alertas de desmatamento, degradação e regeneração de vegetação nativa com imagens de alta resolução.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions