A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

28/08/2019 16:17

Moradores fazem força-tarefa contra fogo e trator é destruído por chamas

Foram cerca de 30 pessoas, que usaram seis tratores, um deles incendiado durante o combate às chamas

Marta Ferreira e Aletheya Alves
Trator usado para combater queimada se incendiou. (Foto: Aletheya Alves)Trator usado para combater queimada se incendiou. (Foto: Aletheya Alves)

Ao longo de 3 quilômetros à margem da BR-262, na saída para Terenos, as chamas destruíram a vegetação na tarde desta quarta-feira (28). Para combater o fogo, formou-se uma força-tarefa improvisada, de cerca de 30 moradores da colônia Jamic, onde vivem produtores de ovos e frango. Com seis tratores com reservatório de água na parte traseira, eles trabalharam para extinguir as chamas enquanto os bombeiros não chegaram. Um dos veículos acabou se incendiando. O motorista não foi atingido.

O Corpo de Bombeiros enviou uma equipe ao local e a Polícia Rodoviária Federal também, para organizar o tráfego, em razão da fumaça que tomou conta da pista. Segundo a informação da PRF, a visibilidade ficou em apenas 10%, dificultando a vida de quem passava pelo trecho.

Um dos integrantes da força-tarefa, Jucelino Taso, de 59 anos, contou que a situação ficou pior porque “colocaram fogo em duas pontas”. Segundo ele, como estava ventando, as chamas foram se espalhando ainda mais. No início, o fogaréu tinha dois metros de altura e, à medida que foi avançando, atingiram 3 metros, de acordo com o morador.

Como a região é rural, os bombeiros levaram mais tempo para chegar e enquanto isso, foi montada a brigada improvisada. Um dos responsáveis por conduzir os tratores acabou se embrenhando mais para perto do fogo, numa região de mata, na tentativa de afastar uma boiada do perigo e o veículo pesado se incendiou. O susto foi grande, mas ele não se queimou.

A esposa dele, que pediu para não ser identificada, contou que o receio foi de que o incêndio repetisse um outro mais grave ocorrido 20 anos atrás, que fez muitos estragos. Para ela, a queimada começou com alguém que pode ter jogado uma simples ponta de cigarro acesa na rodovia.

Seco demais – Mato Grosso do Sul enfrenta estiagem há 45 dias. Até houve registro de chuva ontem, mas bem fraca, que ainda não foi suficiente para amenizar o tempo seco. Em razão disso, a recomendação para quem viaja é ter todo o cuidado, como por exemplo não jogar itens inflamáveis na vegetação à margem da pista.

Se o motorista presenciar uma queimada e a fumaça estiver impedindo a visibilidade, o mais prudente é parar anteriormente em local seguro. A orientação da PRF é que, caso o motorista resolva seguir em direção à situação, o ideal é permanecer ao lado direito do acostamento, evitando possíveis colisões. 

Nas estradas federais, a ocorrência pode ser informada à PRF pelo telefone 191.

Bombeiro em área atingida pelo fogo que começou às margens da BR-262.  (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)Bombeiro em área atingida pelo fogo que começou às margens da BR-262. (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions