A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Abril de 2019

23/10/2018 15:30

Mudança no clima traz chuva e temperaturas caem mais de 10ºC em MS

No interior, municípios registram mais de 60 milímetros de chuva e ventos superiores a 60 km/h; Capital começa a enfrentar enxurradas

Humberto Marques
Enxurrada tomou trecho da Julio de Castilho, na Vila Sobrinho. (Foto: Direto das Ruas)Enxurrada tomou trecho da Julio de Castilho, na Vila Sobrinho. (Foto: Direto das Ruas)

A mudança de tempo trouxe chuvas fortes e quedas acentuadas de temperaturas em diversos municípios de Mato Grosso do Sul na tarde desta terça-feira (23). Enquanto na Capital o mau tempo resultou em alagamentos localizados, municípios como Laguna Carapã –a 287 km da Capital– encararam ventos de 50 km/h e chuvas que, em uma hora, chegaram a 61,4 milímetros. Nesta cidade, os termômetros despencaram de 33,7ºC para 20,4ºC, segundo o meteorologista Natálio Abrão.

A mudança climática vai ao encontro de alerta do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), que colocou todo o Estado sob alerta de perigo potencial de temporais até a noite de quinta-feira (25).

Em Dourados, ao longo de 40 minutos, as temperaturas caíram de 32,3ºC para 23,8ºC. O acumulado de chuvas foi de 40,8 milímetros. Em Bandeirantes, os ventos chegaram a 54,5 km/h e, em cerca de meia hora, choveu 20,6 milímetros –o calor de 31,2ºC cedeu, e deu lugar a temperaturas de 20,2ºC.

Caarapó também registrou ventos fortes, de 58 km/h. A chuva na cidade, embora forte, caiu em quantidade menor (7,2 milímetros, conforme Abrão). A ventania mais intensa, porém, ocorreu em Nova Alvorada do Sul: as rajadas chegaram a 60,84 km/h, com 25,2 milímetros de chuvas.

Já Campo Grande registrou 11,2 milímetros de chuva em alguns minutos. A temperatura recuou quase nove graus, saindo de 30ºC para 21,3ºC. A Avenida Julio de Castilho, na Vila Sobrinho, registrou acúmulo de água na pista. Nas rodovias ao redor da Capital, a chuva pede atenção dos condutores.

Alerta – Entre a tarde desta terça-feira e a noite de quinta, todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul estão sob perigo potencial de temporais, de acordo com dados do Inmet. Há risco de chuvas de até 50 milímetros por dia, com ventos entre 40 e 60 km/h e queda de granizo.

O instituto aponta que, na quarta-feira (24), o estacionamento de um canal de umidade, que se liga a ventos da Amazônia e sofre influência de um sistema frontal (encontro de diferentes massas de ar) vindo do Sudeste, podem causar condições de tempo severo no Estado.

O céu deve permanecer de nublado a encoberto, com trovoadas, pancadas de chuva e rajadas de vento, por vezes forte, com temperaturas em declínio. Deve ocorrer chuva de maior intensidade na metade das regiões Centro-Leste e Sudoeste. As temperaturas devem baixar –oscilando entre 19ºC e 32ºC pelo Estado.

Sábado (27), as instabilidades persistem no Norte do Estado, mas começam a reduzir a partir do Sudoeste –as chuvas também perderão intensidade.

Na BR-163, mudança no tempo exige atenção dos condutores. (Foto: Geisy Garnes)Na BR-163, mudança no tempo exige atenção dos condutores. (Foto: Geisy Garnes)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions