ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 20º

Meio Ambiente

Onça-pintada de 90 quilos morre atropelada em rodovia de Miranda

O animal é macho e foi encontrado por um motorista que passava pelo local

Por Nadyenka Castro | 21/12/2012 12:00
Onça-pintada foi recolhida pela Polícia Militar Ambiental. (Foto: Divulgação)
Onça-pintada foi recolhida pela Polícia Militar Ambiental. (Foto: Divulgação)

Onça-pintada macho de aproximadamente 90 quilos e 1,90m de comprimento foi encontrada morta na manhã desta sexta-feira, na BR-262, em Miranda, a 201 quilômetros de Campo Grande,rodovia de acesso ao Pantanal.

Um motorista que passava pela via viu o animal morto e ligou para a PMA (Polícia Militar Ambiental), que o orientou a tirar o felino da BR, para evitar acidentes.

De acordo com a PMA, pelo estado da carcaça, a suspeita é que o felino tenha sido atropelado na madrugada. Esta é a quarta onça-pintada morta na BR-262, em quatro anos.Todos os animais foram recolhidos pela PMA e empalhados para utilização em trabalhos de educação ambiental.

Em oficinas com vários animais empalhados os policiais discutem com alunos das escolas públicas e privadas, sobre os problemas relativos à fauna, entre eles, o atropelamento, que ocorre principalmente pela alta velocidade dos motoristas e de rodovias que não foram pensadas de forma a favorecer a travessia de animais silvestres.

Em toda a extensão da BR-262 há problemas de atropelamento de animais silvestres, porém, o trecho entre Corumbá e Miranda ainda é o mais problemático do Estado. A PMA alerta para o excesso de velocidade nas rodovias, o que ocasiona lamentáveis acidentes envolvendo animais.

Conforme a PMA, um exemplar adulto do felino pode alcançar em média até 2,60 metros de comprimento, chegando a pesar em torno de 115 quilogramas. Geralmente os machos pesam 90 quilos e as fêmeas, 75 quilos. A onça-pintada é considerada o maior felino das Américas, e atualmente encontra-se ameaçada de extinção.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário