ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 29º

Meio Ambiente

Operação Carga Máxima fiscalizará atrativos ao longo do Rio Fornoso no Carnaval

Intenção é descobrir se atrativos têm respeitado número máximo de visitantes

Por Ângela Kempfer | 09/02/2024 15:25
Rio Formoso, um dos atrativos que fez de Bonito a Capital do Ecoturismo. (Foto: Assessoria Governo de MS)
Rio Formoso, um dos atrativos que fez de Bonito a Capital do Ecoturismo. (Foto: Assessoria Governo de MS)

Fiscais e policiais ambientais começam amanhã a operação Carga Máxima, que vai percorrer balneários e ranchos de lazer localizados ao longo do Rio Formoso, em Bonito. Durante o trabalho, será verificado se os atrativos turísticos da cidade considerada a Capital do Ecoturismo respeitam a lotação prevista na licença ambiental de cada um.

Um balneário já foi multado e interditado por receber quantidade de visitantes maior que a autorizada. Agora, todos os outros vão passar por pente-fino durante a inspeção coordenada pela Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação).

Segundo o Governo do Estado, durante todos os dias de Carnaval, a partir de sábado (10), fiscais do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), PMA (Polícia Militar Ambiental), fiscais da Prefeitura de Bonito, Corpo de Bombeiros e Ministério Público Estadual vão percorrer o Rio Formoso.

A preocupação é com o aumento desproporcional de atividades turísticas ao longo do principal manancial da região.

O diretor-presidente do Imasul, André Borges, lembra que a intenção é não repetir o que ocorreu em anos anteriores. “Vimos nos últimos feriados que isso (superlotação) ocorreu em alguns balneários. Inclusive, nós já temos providência em relação àqueles balneários que praticaram este ilícito para que a gente não tenha mais este tipo de problema lá. Nossa intenção é proteger as nossas águas, proteger o Rio Formoso, proteger Bonito para garantir a sustentabilidade daqueles atrativos. A operação de fiscalização se inicia no sábado e termina na terça-feira. Todas essas equipes, todas as instituições imbuídas em fazer um bom trabalho. O estado presente, evitando essa prática de atividade ilegal na região de Bonito”, afirmou.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.


Nos siga no Google Notícias