A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

03/06/2018 07:08

Pantanal terá espaço exclusivo no segundo maior zoológico dos EUA

Espaço específico vai abrigar espécies como onça-pintada, anta, ariranha, tamanduá e capivara.

Anahi Gurgel
Anta com seu filhote, em área alagada do Pantanal. (Foto: Divulgação/IPÊ)Anta com seu filhote, em área alagada do Pantanal. (Foto: Divulgação/IPÊ)

Um dos maiores zoológicos dos Estados Unidos, o Houston Zoo, no Texas, está reestruturando seus ambientes para construir um recinto exclusivamente dedicado ao bioma Pantanal. Dentro de quatro anos, o local vai abrigar espécies como a onça-pintada, anta, ariranha, tamanduá e capivara em um espaço específico, reproduzindo o ecossistema pantaneiro.

A novidade integra uma série de comemorações pelo centenário do zoológico, celebrado em 2022. A construção de um recinto próprio para o Pantanal será feita em parceria com o IPÊ (Instituto de Pesquisas Ecológicas), que desenvolve projetos de preservação de animais como a anta, tatu-canastra e tamanduá, em Mato Grosso do Sul.

"Nosso Pantanal vai ganhar um enorme destaque internacional, pois o Houston Zoo é o segundo maior zoológico nos Estados Unidos, em número de visitantes. Conhecer os animais no local vai despertar o interesse de vê-los também na natureza, ajudando na expansão do turismo em Mato Grosso do Sul, além de contribuir para a sua conservação", afirma o pesquisador do IPÊ, Gabriel Massocato.

O Houston Zoo conta com mais de 6 mil animais residentes permanentes. Ao ano, recebe mais de 2 milhões de visitantes.

Fachada do Houston Zoo, no Texas, que terá recinto específico para o bioma do Pantanal. (Foto: Divulgação/Roadtrippers.com)Fachada do Houston Zoo, no Texas, que terá recinto específico para o bioma do Pantanal. (Foto: Divulgação/Roadtrippers.com)

Parceria - O Houston Zoo vem apoiando a Incab (Iniciativa Nacional para a Conservação da Anta Brasileira), há 18 anos. Trata-se de um trabalho para a conservação da espécie, que começou na Mata Atlântica e expandiu-se para o Pantanal e Cerrado, em Mato Grosso do Sul.

Os mais de 20 anos de pesquisas resultaram no mais completo e detalhado banco de dados, fundamental para planejar ações para a conservação da anta.

O zoológico americano também apoia o projeto Tatu-Canastra, há 13 anos. Por isso, equipes dos dois projetos estão envolvidas no processo de concepção e design do novo recinto.

Está programada para o mês de julho, em pleno coração do Pantanal, uma visita de técnicos do Houstou Zoo, incluindo o diretor, Dr. Lee Ehmke, e designers do novo recinto.

Eles irão se encontrar com pesquisadores na sede dos projetos na Fazenda Baía das Pedras, localizada na região da Nhecolândia, em Aquidauana.

O objetivo da visita é que eles conheçam de perto toda a riqueza da flora e fauna pantaneiras, e que busquem inspiração, materiais visuais e informação para a finalização do projeto.

"Nossa parceria com o zoológico de Houston vem de quase duas décadas de trabalho conjunto, buscando integrar a conservação de espécies na natureza e em cativeiro. A construção do novo recinto Pantanal trará enorme exposição às nossas causas, bem como à conservação da biodiversidade brasileira", destaca Patrícia Medici, coordenadora da Incab.

Algumas espécies do Pantanal já estão abrigadas no zoologico mas, agora, ficarão em um ambiente específico, que irá difundir informações sobre o bioma aos visitantes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions