A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

15/09/2017 11:09

PMA notifica pousada onde estavam pescadores que puxaram sucuri de rio

A pousada foi notificada para apresentar alvará de funcionamento e dados de hóspedes que apareceram em vídeo capturando sucuri

Bruna Kaspary
Pescadores puxam sucuri pelo rabo e filmam ação (Foto: Reprodução)Pescadores puxam sucuri pelo rabo e filmam ação (Foto: Reprodução)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) notificou ontem (14) a pousada em que esteve hospedado o grupo de pescadores que gravou cenas de um dos homens puxando uma sucuri pelo rabo no rio Paraguai, em Albuquerque, distrito de Corumbá, a 419 km de Campo Grande. O estabelecimento foi reconhecido através das imagens do vídeo.

Na notificação, a PMA determinou que a pousada apresente o alvará de funcionamento e os dados dos hóspedes suspeitos de estarem envolvidos no crime de maus-tratos. O estabelecimento tem o prazo de dois dias úteis para atender as exigências. "Até segunda-feira eles devem apresentar esses documentos, caso contrário já serão autuados também", esclarece o capitão da PMA Diego da Silva Ferreira da Rosa, responsável pelas investigações do caso. A PMA não relevou o nome da pousada. 

O caso - O vídeo da tentativa da captura da sucuri foi uma denúncia feita ao Campo Grande News e circula em grupos ligados ao turismo em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o denunciante, que pediu para ter a identidade preservada, o grupo que puxa o animal de dentro do rio é de pescadores amadores, que estariam no Pantanal com um programa de televisão do seguimento chamado "O Bom da Pesca - com Sérgio Fonseca", que vai ao ar em Minas Gerais, estado de onde os envolvidos no crime vieram.

Nas imagens, é possível perceber que o animal tenta retornar diversas vezes para o rio, mas não consegue. Veja o vídeo:




É bem isso...! Lamentável, perda de tempo e de combustível...!
 
Barbarossa em 15/09/2017 14:49:24
Parece piada, mas não é...! Isso realmente acontece no Brasil. A polícia atrás de uma pescador que puxou uma sucuri pelo rabo num rio. Esse é o Brasil, enquanto isso, milhares de armas e drogas passam a fronteira todos os dias, segundo relato das próprias autoridades do Estado! Será que a PMA não tem algo mais relevante para a sociedade a fazer do que procurar esse pescador ?
 
Barbarossa em 15/09/2017 14:47:32
SE FOR ASSALTADO EU POSSO NOTIFICAR A FABRICA DE ARMAS POR NÃO TER O CONTROLE DE ARMAS DO PAÍS? DEVERIA A POUSADA DISPONIBILIZAR UM FUNCIONÁRIO APARA ANDAR O TEMPO TODO COM O HOSPEDE? ESTRANHO ISSO. NÃO TEM COMPETÊNCIA PARA ACHAR O SUSPEITO E IMPUTA ESSA RESPONSABILIDADE AOS OUTROS.
 
Alex André de Souza em 15/09/2017 11:45:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions