A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

18/09/2017 14:42

Primavera deve começar quente, seca e sem um pingo de chuva em MS

Historicamente, as chuvas que antecedem a estação já deveriam ter começado. Não há previsão para os próximos dias.

Anahi Gurgel
Árvore e sol forte registrados na área central de Campo Grande nesta tarde (18). Cenário que dará as boas vindas à Primavera, no dia 22 de setembro. (Foto: André Bittar)Árvore e sol forte registrados na área central de Campo Grande nesta tarde (18). Cenário que dará as boas vindas à Primavera, no dia 22 de setembro. (Foto: André Bittar)

A Primavera - período de representa início das chuvas nos estados do coração do Brasil – está sendo ansiosamente esperada pelo sul - matogrossense, que nem deve mais se lembrar quando foi a última vez que sentiu o cheiro de terra molhada. Entretanto, o primeiro dia da estação das flores, às 17h02 da próxima sexta-feira (22), promete ser bastante quente, seco e sem um pingo d'água. 

De acordo com prognóstico dos institutos meteorológicos nacionais, o início da Primavera é marcado por uma mudança no regime de chuvas e temperaturas na maior parte do País. Para o centro-oeste, a previsão do tempo, historicamente, é de chuvas mais intensas e frequentes, com pancadas de chuva no final da tarde ou noite.

Essa característica, de acordo com o CPTEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) /Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), se deve ao aumento do calor e da umidade que se intensificam gradativamente no decorrer da estação, assim como o aumento das temperaturas. Podem ocorrer raios, ventos fortes e queda de granizo.

Chuvas mais intensas - Para o mês de outubro, a estimativa de chuva acumulada e esperada varia de 100 a 180 milímetros. Entretanto, para este ano, a expectativa é que o volume de chuvas seja ainda maior.

Deve chover de 50 a 100 milímetros a mais em relação a anos anteriores. Isso porque está prevista a entrada de frentes frias e o enfraquecimento da massa de ar seco, conforme análise elaborada pelo Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul).

As temperaturas em outubro tendem a atingir marcas entre 20°C e 32°C. A exceção é o Pantanal, que poderá chegar à máxima de 37°C.

Avenida de Campo Grande sob névoa seca e temperaturas altas. (Foto: André Bittar)Avenida de Campo Grande sob névoa seca e temperaturas altas. (Foto: André Bittar)

Para esta semana, a previsão para todo o estado não tem novidade. A partir de amanhã (19), a temperatura mais alta pode ser registrada na quarta-feira (20), com 39ºC, principalmente nos municípíos do norte e nordeste.

Nessas áreas, especialmente, a semana em todo o estado será marcada por céu claro a parcialmente nublado com névoa seca e baixos índices de umidade à tarde. Haverá condição de ventos fracos a moderados, mas com rajadas em algumas cidades do norte e nordeste. Mínimas de 16ºC, nesta terça-feira (19).

Na semana em que se inicia a primavera, as temperaturas em Campo Grande não irão passar dos 34ºC. As mínimas poderão chegar aos 21ºC. Entre a terça e sexta-feira (22), o tempo na Capital estará claro a parcialmente nublado com bastante névoa seca e ventos de fracos a moderados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions