A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Abril de 2019

15/01/2019 23:06

Produtor é multado após 12 trabalhadores se contaminarem com agrotóxico

Além da multa de R$ 10 mil o fazendeiro também pode responder por crime de poluição, cuja as penas variam de seis até quatro anos de prisão

Adriano Fernandes
Foi realizada a apreensão do trator e do pulverizador utilizados na aplicação do agrotóxico. (Foto: DivulgaçãoPMA) Foi realizada a apreensão do trator e do pulverizador utilizados na aplicação do agrotóxico. (Foto: DivulgaçãoPMA)

Um produtor rural, de 62 anos, foi multado em R$ 10 mil reais, depois que 12 funcionários de uma empresa que fazia a manutenção da BR-163, foram parar no hospital ao se contaminarem com o agrotóxico que era aplicado na fazenda do autuado, ao lado da rodovia.

Enquanto trabalhavam, as vítimas sentiram desconforto respiratório e visual, tendo que serem encaminhados para atendimento médico em Caarapó. No locaL, dois foram atendidos e diagnosticados com intoxicação. Os demais dispensaram avaliação médica.

Devido a situação, policiais militares ambientais de Dourados estiveram propriedade, onde foram encontrados vasilhames dos agrotóxicos usados na pulverização. A fazenda fica a 15 quilômetros de Dourados.

Conforme o órgão a forma como foi feito o uso dos produtos perigosos no local, contrariava as normas técnicas e a legislação ambiental, bem como a bula dos próprios produtos. Foi realizada a apreensão do trator e do pulverizador utilizados na aplicação do agrotóxico. Além da multa o fazendeiro também pode responder por crime de poluição, cuja as penas variam de seis até quatro anos de prisão.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions