ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 26º

Meio Ambiente

Programa que monitora 16 rodovias, Estrada Viva terá sede própria

O edifício terá 255 m² e será construído na esquina da Rua das Flores com a Rua Dr. Conrado, no Centro

Por Viviane Oliveira | 10/10/2023 09:05
Desenho que mostra como será a sede do Programa Estrada Viva em Bonito (Foto: divulgação / Governo do Estado)
Desenho que mostra como será a sede do Programa Estrada Viva em Bonito (Foto: divulgação / Governo do Estado)

O Programa Estrada Viva, que monitora 19 trechos de 16 rodovias para reduzir atropelamentos de animais silvestres, terá sede própria em Bonito, distante 257 quilômetros de Campo Grande. O edifício será construído na esquina da Rua das Flores com a Rua Dr. Conrado, no Centro.

A construção está orçada em R$ 1,1 milhão. A licitação para selecionar a empresa que vai executar a obra será publicada no Diário Oficial, a data ainda não foi informada.

Segundo o gerente de projetos e orçamentos civis da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), Adanilto Faustino, o imóvel terá recepção; banheiros masculino e feminino acessíveis; três escritórios de atendimento do Estrada Viva; dois escritórios para uso da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural); uma sala de reuniões; um depósito de materiais de limpeza; uma copa; um refeitório; alojamentos masculino e feminino; e garagem.

Para o diretor de Meio Ambiente da Agesul, Ednilson Lopes, a edificação eleva o programa Estrada Viva a um novo patamar. “Esta base para o programa Estrada Viva em Bonito é uma grande conquista, simbolizando avanço para gestão e crescimento do programa, reforçando essa identidade de foco na proteção dos motoristas e animais na região com a maior biodiversidade do Estado.

Por meio do programa, técnicos monitoram os trechos com maior incidência de atropelamento de animais e propõem medidas para redução das colisões, como a instalação de placas lúdicas, passagens inferiores/superiores de fauna, cercamento e redutores de velocidade. A maioria das vias monitoradas ficam na região da Serra da Bodoquena. Como por exemplo, a MS-382, que liga Bonito a Guia Lopes, e a MS-345, que integra Bonito a Anastácio.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias