ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 25º

Meio Ambiente

Quanto mais quente, maior lotação em um dos raros "refrescos" na cidade

Pontos da reserva com maior concentração de árvores reúnem mais público

Por Aline dos Santos e Antonio Bispo | 24/09/2023 11:15
Parque dos Poderes cheio em manhã de domingo ensolarada e de muito calor. (Foto: Henrique Kawaminami)
Parque dos Poderes cheio em manhã de domingo ensolarada e de muito calor. (Foto: Henrique Kawaminami)

Com 185 hectares de vegetação nativa preservada, o Parque dos Poderes se intensifica como opção para lazer e atividades físicas em Campo Grande neste período de onda de calor. Enquanto o termômetro beira os 38ºC, o público até cresceu.

Na empresa T Bike, localizada na Avenida Poeta Manoel de Barros, mais conhecida como Avenida do Poeta, a procura por aluguel de bicicletas aumentou, mesmo com os dias mais quentes. Para atrair a clientela, quem aluga bike ganha uma garrafa de água mineral e tem direito a estacionamento grátis. O aluguel de bicicleta custa R$ 20 por hora.

Na manhã deste domingo (dia 24), o cenário, principalmente na Avenida do Poeta, que conta com maior arborização e atrativos, era parque movimentado, com pessoas correndo, andado de bicicleta e patins. Além do público que aproveitou a sombra das árvores para se hidratar com tereré e água de coco.

Felipe conta que segue um roteiro de cuidados para enfrentar as altas temperaturas. (Foto: Henrique Kawaminami)
Felipe conta que segue um roteiro de cuidados para enfrentar as altas temperaturas. (Foto: Henrique Kawaminami)

O empresário Felipe Delvalles Baione, 34 anos, levou o sobrinho de 3 anos para passear de bicicleta. Felipe mora em Ribas do Rio Pardo, mas vem aos finais de semana para Campo Grande. “Não visito o parque com frequência, mas trouxe o meu sobrinho para ver se começa a gostar mais de andar de bicicleta”, diz.

Felipe avalia que o calor atrapalha a atividade física, mas reforça seguir um roteiro de cuidados: hidratação, protetor solar e priorizar pontos com maior quantidade de árvores. A vegetação, pela capacidade de conforto térmico, é um “refresco” no calorão.

O gestor de compras Alexandre Furucho, 38 anos, conta que foi ao parque neste domingo por falta de tempo para praticar exercício físico durante a semana. “Eu e minha esposa costumamos vir pela manhã, às 8h, quando é mais fresco. Nesse domingo, vim mais tarde e o calor atrapalhou bastante”, diz.

Alexandre foi ao Parque dos Poderes para andar de bicicleta. (Foto: Henrique Kawaminami)
Alexandre foi ao Parque dos Poderes para andar de bicicleta. (Foto: Henrique Kawaminami)

Na outra ponta do Parque dos Poderes, na Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, perto da Avenida Mato Grosso, o espaço menos arborizado reúne público menor.

“Tenho percebido que por conta do calor as pessoa não querem se expor ao sol. O movimento fica bom da 7h ao meio dia. Por conta do sol, para um pouco à tarde e volta a aumentar às 16h”.

O complexo do Parque dos Poderes abrange área total de aproximadamente 243,53 hectares, dos quais, cerca de 185,63 hectares são recobertos por vegetação nativa.

Empresa T Bike aluga bicicletas e registrou maior procura apesar do calor. (Foto: Henrique Kawaminami)
Empresa T Bike aluga bicicletas e registrou maior procura apesar do calor. (Foto: Henrique Kawaminami)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias