ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 20º

Meio Ambiente

Quatro capivaras são encontradas mortas atropeladas na Afonso Pena

Por Viviane Oliveira e Ana Paula Carvalho | 01/05/2012 14:19

O atropelamento foi sentido Parque dos Poderes/Centro, em um dos pontos que mais concentram capivaras na cidade

Manchas de sangue ainda são visíveis no local do acidente. (Foto: João Garrígó)
Manchas de sangue ainda são visíveis no local do acidente. (Foto: João Garrígó)

Quatro capivaras, entre elas um filhote, morreram depois de serem atropeladas na madrugada desta terça-feira (1º), na avenida Afonso Pena, em frente a cidade do Natal, em Campo Grande.

Os animais foram encontrados mortos por uma pessoa que parou com o carro e sinalizou o local. Logo em seguida vários motoristas pararam, e um deles retirou os bichos do meio da avenida para não causar outros acidentes.

A cena foi fotografada. Um homem, que pediu para não ser identificado pelo Campo Grande News, postou a foto no Facebook. Na postagem, que já tem 250 compartilhamentos, ele mostra a placa do veículo que foi deixada no local, após o acidente.

O atropelamento dos roedores foi sentido Parque dos Poderes/Centro, em um dos pontos que mais concentram capivaras na cidade. Mesmo com a via bem sinalizada, os relatos de excesso de velocidade são comuns, que podem ser a causa dos constantes atropelamentos dos animais.

Foto mostra duas capivaras e um filhote à esquerda. Os três estão mortos. (Foto: Arquivo Facebook)
Foto mostra duas capivaras e um filhote à esquerda. Os três estão mortos. (Foto: Arquivo Facebook)

Em outros pontos de Campo Grande é possível flagrar capivaras circulando próximo a vias públicas. No Lago do Amor, é comum o trânsito dos animais nas calçadas e até na avenida Senador Filinto Muller, além do campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o major da PMA (Polícia Militar Ambiental), Ednilson Queiroz, através da placa o motorista será identificado. Ainda segundo ele, se for acidente não configura crime ambiental.

“Só será crime se for comprovado que o atropelamento foi proposital. Se comprovado o condutor do veículo pode responder no juizado de pequenas causas por crime ambiental de caça ilegal”, afirma.

A PMA (Polícia Militar Ambiental) foi acionada para retirar os animais da pista. As denúncias de animais atropelados podem ser feitas pelo telefone (67) 3314-4920.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário