ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  12    CAMPO GRANDE 19º

Meio Ambiente

Sábado amanhece com sol e meteorologia promete dia de calor em MS

Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o dia em Campo Grande será de poucas nuvens

Por Geisy Garnes | 11/07/2020 07:02
O sol iluminou o céu no bairro Jardim dos Estados nesta manhã (Foto: Henrique Kawaminami)
O sol iluminou o céu no bairro Jardim dos Estados nesta manhã (Foto: Henrique Kawaminami)

Após dias de temperaturas amenas em parte do Estado, a meteorologia promete um sábado de calor em Mato Grosso do Sul. Na Capital, o nevoeiro que marcou as primeiras horas do dia durante a semana, deu lugar ao sol nesta manhã. Os termômetros devem chegar aos 29°C na cidade.

Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o dia em Campo Grande será de poucas nuvens e umidade relativa do ar entre 75 a 20%. Não há previsão de chuva e a mínima fica em 19ºC.

No resto do Estado a temperatura também sobe. Em Ponta Porã, que amanheceu sexta-feira com 9°C, a mínima deve atingir 16°C. Ao longo do dia a temperatura deve chegar a 31. No outro extremo do Estado, em Corumbá, a mínima deve ficar em 19ºC e a máxima em 35ºC.

Na região sul do Estado, as máximas previstas são de 28°C em Sete Quedas, 32°C em Ivinhema e 31°C em Dourados. Em Jardim e Porto Murtinho o calor chega aos 30°C e 32°C, respectivamente. Em Aquidauana e Miranda a máxima será de 32°C. Em Chapadão do Sul e Paranaíba, a temperatura pode chegar aos 33°C.

No leste e no norte do Estado, em cidades como Água Clara, Três Lagoas, Bataguassu, Coxim e Sonora, os termômetros também passam dos 30°C.

Segundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima em Mato Grosso do Sul), a alta na temperatura já estava prevista para o segundo período do mês. A partir de agora, até 23 de julho, os dias serão de calor e sem expectativa de chuva no Estado. Por conta disso, a umidade relativa do ar durante as tardes ficará abaixo de 30%, situação considerada de atenção pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

A orientação para enfrentar esse período é ingerir muito líquido, redobrar atenção com idosos e crianças, procurar umidificar ambientes e evitar aglomerações. A estimativa é que uma nova frente fria chegue a Mato Grosso do Sul no fim do mês.