ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  14    CAMPO GRANDE 23º

Meio Ambiente

Vereador dono de carvoaria ilegal multado em R$ 256 mil

Por Danúbia Burema e Fernanda França | 30/12/2010 10:43

PMA interditou atividade no local onde havia 40 fornos ilegais.

No local foram apreendidos 150 metros cúbicos de lenha e 332 metros cúbicos de carvão nativo. (Divulgação PMA)
No local foram apreendidos 150 metros cúbicos de lenha e 332 metros cúbicos de carvão nativo. (Divulgação PMA)

O vereador de Bataguassu Randerson Lima, de 30 anos, foi multado hoje em R$ 256 mil e teve interditada sua carvoaria que funcionava de maneira ilegal na fazenda Água Branca, em Campo Grande.

Durante fiscalização feita na tarde de ontem (29), policiais militares ambientais de Bataguassu encontraram a carvoaria ilegal que funcionava com 40 fornos sem autorização do órgão ambiental competente.

No local foram apreendidos 150 metros cúbicos de lenha e 332 metros cúbicos de carvão nativo. O vereador foi multado pela atividade potencialmente poluidora sem autorização e por ter depósito a madeira e o carvão ilegalmente.

Ele responderá por crime ambiental e se for condenado pode pegar pena de três meses a um ano de detenção pela atividade de carvoejamento e de igual período por ter armazenada lenha e carvão ilegais.

O vereador foi procurado pelo Campo Grande News em casa e pelo celular, mas não foi localizado para comentar sobre o assunto. (Editado às 15h38 para acréscimo de informações).