A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

20/09/2019 16:49

Vídeo: avião para combate a incêndios chega à base de operações em MS

Aeronave foi cedida pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal; 34 bombeiros também foram enviados a Aquidauana

Humberto Marques
Aeronave chegou a Aquidauana nesta tarde. (Foto: Divulgação)Aeronave chegou a Aquidauana nesta tarde. (Foto: Divulgação)

Pousou por volta das 16h na pista do aeroclube de Aquidauana –a 135 km de Campo Grande– a aeronave pertencente ao Corpo de Bombeiros do Distrito Federal que será usada no combate às queimadas que, nas últimas semanas, consumiram mais de um milhão de hectares em Mato Grosso do Sul. O avião integra o reforço que havia sido prometido pelo governo federal para o enfrentamento às chamas e que contou, também, com 34 homens e, até aqui, R$ 214 mil em combustíveis usados nas ações –confira abaixo vídeo do pouso da aeronave.

A ajuda foi garantida no início da semana ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Os militares chegaram a Campo Grande na madrugada desta sexta-feira (20) e, por volta das 8h30, deslocaram-se para Aquidauana. O município será a base operacional das ações de combate às chamas no Pantanal e na região da Serra da Bodoquena –as mais atingidas pelas queimadas no Estado.

O Air Tractor AT-802F tem autonomia de quatro horas de trabalho e transporta até 3 mil litros de água por vez. O avião pertence ao 2º Esquadrão de Aviação Operacional do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. A força-tarefa vinda de Brasília deve permanecer no Estado enquanto for necessário.

Também foram deslocados para a região um caminhão de carga, um ônibus e quatro caminhonetes, que reforçaram o maquinário já mobilizado contra as queimadas.

Os incêndios no oeste do Estado são considerados os mais intensos desde 2004. Todos os dias, 250 homens do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul são mobilizados para ações de controle de queimadas. Só nesta quinta-feira (19) foram 250 focos de incêndio no Estado. Apesar da previsão de chuvas isoladas nos próximos dias, a meteorologia trabalha com a perspectiva de que, na maior parte do dia, o tempo seguirá seco, uma vez que as chuvas devem chegar abaixo da média.

Conforme os meteorologistas, o tempo deve continuar seco. As chuvas de setembro e outubro serão abaixo da média. As regiões mais atingidas são em Corumbá, Aquidauana, Serra da Bodoquena e Porto Murtinho.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions