A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/10/2014 09:28

“É Dilma lá e Reinaldo aqui”, palpita Puccinelli depois de votar

Caroline Maldonado e Aline dos Santos
Puccinelli disse que voto é secreto, mas deu palpite (Foto: Alcides Neto)Puccinelli disse que voto é secreto, mas deu palpite (Foto: Alcides Neto)
Governador chegou à escola a pé, acompanhado de esposa, assessores e seguranças (Foto: Alcides Neto)Governador chegou à escola a pé, acompanhado de esposa, assessores e seguranças (Foto: Alcides Neto)

Acompanhado de seguranças, assessores e a esposa, o governador André Puccinelli (PMDB) votou na manhã deste domingo (26) na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho. Na chegada à escola, o governador preferiu não revelar em quem votaria. “O voto é secreto”, disse.

Depois de votar, Puccinelli falou com a imprensa e disse “É Dilma lá e Reinaldo aqui”. Apesar de denotar a preferência, o governador enfatizou que se trata apenas de um palpite e não de seu voto, necessariamente.

O palpite, segundo o governador, segue a linha da última pesquisa divulgada pelo IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística). Conforme a pesquisa, Delcídio do Amaral (PT) aparece na frente, com 51% das intenções de votos e Reinaldo Azambuja (PSDB) aparece com 49%, empatados tecnicamente.

Para Puccinelli, o avanço de Delcídio nas pesquisas não é suficiente e é mais provável que o candidato Reinaldo seja vitorioso. “Mas é um palpite mesmo”, reforçou o governador, que mora a duas quadras do local de votação e foi a pé à escola, por volta das 8h.

Com a disputa acirrada, o resultado da última pesquisa para o 2º turno, foi surpresa para muitos, na opinião do governador. “Nenhum dos candidatos deve ter dormido essa noite”, brincou Puccinelli.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions