A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/11/2015 21:45

FHC participa amanhã do lançamento de projeto social no Dom Antonio

Flávio Paes
Reinaldo convidou FHC para participação de inauguração (Foto:Divulgação)Reinaldo convidou FHC para participação de inauguração (Foto:Divulgação)

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, participa nesta sexta-feira no Bairro Dom Antônio Barbosa, ao lado do governador Reinaldo Azambuja, da inauguração do primeiro projeto social com a marca da atual administração estadual. No bairro, um dos mais carentes da capital, funcionará o primeiro pólo do Programa Rede Solidária. A solenidade está programada para às 10 horas.

Esta primeira unidade, que leva o nome da socióloga Ruth Cardoso, esposa do ex-presidente falecida em, vai atuar em 7 módulos com 28 projetos, abrangendo as áreas de educação, cultura, esporte, cursos de música, dança, capoeira, além de estrutura de brinquedoteca, biblioteca, cursos de informática, módulos de saúde,com ações prevenção a hipertensão e diabetes, implantação de hortas orgânicas.

Franciellen Ferro Quirino, 23 anos, moradora no Dom Antonio, foi conhecer as instalações do projeto. “Tenho dois filhos pequenos e para mim é difícil o deslocamento até o centro para fazer cursos, sem contar os gastos que temos. Aqui além de ser perto de casa é tudo gratuito. Estou muito feliz e aguardando uma oportunidade de voltar ao mercado de trabalho”, comemorou a moradora do bairro.

Com falta de estrutura e localizado próximo ao lixão, o bairro possui a menor renda per capita da Capital – com R$ 332, 65, segundo o Perfil Socioeconômico de Campo Grande de 2014. Muitas mulheres com filhos estão desempregadas e vivendo dos famosos “bicos” e “diárias” para sobreviver. Uma grande parte é beneficiária do Vale Renda – programa de transferência do Governo do Estado que garante R$ 170,00 por mês a famílias em situação de risco social.

Neste grupo estão  pessoas como Francisca do Nascimento, 31 anos, mãe de 5 filhos, que sobrevive como diarista e vê no Rede Solidária uma “porta” para sair da situação do desemprego. “Quando soube do projeto fiquei esperançosa em participar dos cursos e assim, conseguir sair da situação em que vivo. Para nossos filhos também é muito importante a participação nas aulas de música, de informática e nos esportes. É um grande projeto para toda a família”, destacou Francisca.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions