A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/10/2013 08:15

“O PDT ainda está divido, sem definição”, diz Felipe Orro

Leonardo Rocha
Deputado destacou que escolha deve ficar para o início do ano que vem (Foto: Divulgação)Deputado destacou que escolha deve ficar para o início do ano que vem (Foto: Divulgação)

O deputado estadual Felipe Orro (PDT) negou que o partido já tenha fechado aliança com o PMDB para as eleições de 2014 em Mato Grosso do Sul. Apesar das principais lideranças do PMDB, inclusive o governador André Puccinelli afirmar que esta parceria já estava garantida, o deputado afirma que existe uma divisão no PDT.

“Não tem nada confirmado, o PDT está dividido e sem definição, existem aqueles que querem continuar a parceria com o PMDB e outros que preferem o Delcídio (Amaral)”, afirmou Felipe Orro.

Segundo o deputado, por causa desta indefinição, a legenda deve deixar a decisão final para o início de 2014. “Acredito que em janeiro do ano que vem iremos definir com que grupo político vamos coligar”, destacou.

Orro ponderou que a direção estadual está ouvindo todos os candidatos e suas propostas, antes de qualquer definição. “O nosso presidente já ouviu o Nelsinho (Trad) o Delcídio (Amaral) e até conversou com o (Reinaldo) Azambuja, temos que esperar o melhor momento”, apontou.

O PDT apresentou aos pré-candidatos uma lista de 12 itens programáticos para firmar uma parceria, entre eles a autonomia financeira da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), a valorização do servidor público e projetos e programas que visem à qualificação profissional no Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions