A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/11/2013 09:18

"Quem quiser contribuir fará parte do conselho", diz Bernal

Leonardo Rocha
Bernal destacou que está de braços abertos para o PSDB e Reinaldo Azambuja (Foto: Arquivo)Bernal destacou que está de braços abertos para o PSDB e Reinaldo Azambuja (Foto: Arquivo)

O prefeito Alcides Bernal (PP) afirmou hoje de manhã em seu gabinete que quem quiser contribuir e fazer o bem para cidade fará parte de seu conselho político. Ele também destacou que conta com a participação do PSDB e sua principal liderança, o deputado federal Reinaldo Azambuja.

“Todos os partidos são bem vindos, queremos dialogar e abrir espaço para os partidos que queiram contribuir e fazer bem cidade”, destacou ele.

Bernal fez questão de dizer que “está de braços abertos” para o PSDB e ao deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB). “Esta articulação está sendo conduzida pelo nosso secretário, Pedro Chaves, e espero que tenhamos novidades”, acrescentou ele.

Conversa – Ontem, o secretário de Governo, Pedro Chaves, afirmou que o conselho político já teria a participação de Reinaldo Azambuja, além de representantes do PT, PSC, PP e PPS. Ele ainda apontou que estava em conversa com o PTB.

Azambuja, por sua vez, negou que faça parte do conselho e apenas contou que Chaves ligou para ele na tarde de ontem e pediu uma reunião com a direção municipal e estadual do PSDB, para próxima segunda-feira. “Não houve nenhum acerto, apenas ficou combinado uma conversa”, destacou ele.

O deputado tucano argumentou que a participação do partido dependeria de mudanças administrativas de Bernal, para que haja agilidade na resolução de problemas que precisam ser resolvidos na Capital.

O presidente estadual do partido, o deputado Márcio Monteiro, afirmou que não acredita em uma parceria com o prefeito pelo fato dele ter quase um ano de mandato e até hoje não ter feito um diálogo formal com o PSDB. “Não acredito nesta mudança, vejo nosso partido fora tanto de sua base aliada como do conselho político”, apontou.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


O gente boa ignora,maltrata,xinga,se acha dono da verdade,ai tá vendo a vaca ir pro brejo e vem com historinha de CONSELHO POLÍTICO com uma única finalidade: permanecer no cargo,ai quer que o POVO de maneira gratuita,enquanto ele,vereadores,secretários tem pomposos salário vá de graça,ah o que importa é o bem estar da população,todos devem contribuir,faça-me o favor políticos,vocês são uma vergonha,quando fazem os famosos "jeitinhos" para certas situação não precisam do povo para conselho político,agora vem com essa historinha e carinha de coitado,assim como o cidadão que erra e paga o preço e não tem oportunidade de formar conselho político para ter uma segunda chance,a mesma coisa para vocês: esta errado? que pague o preço,ou seja,você não são diferentes de nós: o rigor da LEI........
 
Israel Lima em 08/11/2013 10:37:27
BERNAL EU QUERO SIM TAMBÉM CONTRIBUIR, ENTÃO MINHA CONTRIBUIÇÃO E PARA VOCE SUMIR DE CAMPO GRANDE FORA, FORA, FORA ,FORA...
 
ely monteiro em 08/11/2013 09:55:36
KKKKKKK AGORA ele quer conversar com todo mundo ... kkkkkkkkkk
 
Antonio Mendez em 08/11/2013 09:53:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions