A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/10/2013 07:52

“Se o governador não for, a vaga é de Simone”, diz líder do PMDB

Leonardo Rocha
Deputado diz que Simone começa no final do mês a fazer campanha interna para sair candidata ao senado (Foto: Divulgação)Deputado diz que Simone começa no final do mês a fazer campanha interna para sair candidata ao senado (Foto: Divulgação)

O deputado Eduardo Rocha, líder do PMDB na Assembleia, afirmou que caso o governador André Puccinelli (PMDB) realmente não dispute a vaga do senado em 2014 será da vice-governadora Simone Tebet (PMDB).

“Se o governador não for à vaga é da Simone (Tebet), o PMDB não vai repassar para outro partido”, declarou Eduardo. O deputado que é marido da vice-governadora também adiantou que ela ainda não começou sua campanha interna com as lideranças do PMDB no interior, mas que deve iniciar estas visitas em breve.

“Acredito que até o final do mês, ela já começará a fazer as viagens para conversar com as lideranças do PMDB”. Eduardo destacou que não existe um prazo definido para o PMDB anunciar seu candidato ao senado.

Ontem o governador André Puccinelli (PMDB) voltou a dizer que não pretende disputar a eleição no ano que vem e que vai abrir mão de sua vaga para vice-governadora. Se esta linha seguir, a possibilidade do PMDB negociar a vaga do senado com partidos aliados fica descartada.

O pré-candidato ao governo do PMDB, o ex-prefeito Nelsinho Trad, tinha ficado com a tarefa de fazer estas articulações partidárias antes de se definir a chapa majoritária. O presidente estadual do PMDB, o deputado Junior Mochi, já havia destacado que a preferência era por Simone, mas que era preciso conversar com todos os partidos.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


Imunidade parlamentar é o que ele precisa, por isso ele sera candidato ao SENADO.
Caso o atual governador não consiga se eleger a algum cargo público perderá sua imunidade parlamentar e com isso o mesmo poderá ser processado e julgado pelos seus atos na administração pública. Ele sairá candidato sim, tenho certeza, a dúvida é se ele consegue se eleger a algum cargo. Se eu pudesse apostar ele não se elegeria se quer a vereador da Capital.
 
Guilherme Luiz em 15/10/2013 13:46:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions