ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 25º

Política

“Se o governador não for, a vaga é de Simone”, diz líder do PMDB

Por Leonardo Rocha | 15/10/2013 07:52
Deputado diz que Simone começa no final do mês a fazer campanha interna para sair candidata ao senado (Foto: Divulgação)
Deputado diz que Simone começa no final do mês a fazer campanha interna para sair candidata ao senado (Foto: Divulgação)

O deputado Eduardo Rocha, líder do PMDB na Assembleia, afirmou que caso o governador André Puccinelli (PMDB) realmente não dispute a vaga do senado em 2014 será da vice-governadora Simone Tebet (PMDB).

“Se o governador não for à vaga é da Simone (Tebet), o PMDB não vai repassar para outro partido”, declarou Eduardo. O deputado que é marido da vice-governadora também adiantou que ela ainda não começou sua campanha interna com as lideranças do PMDB no interior, mas que deve iniciar estas visitas em breve.

“Acredito que até o final do mês, ela já começará a fazer as viagens para conversar com as lideranças do PMDB”. Eduardo destacou que não existe um prazo definido para o PMDB anunciar seu candidato ao senado.

Ontem o governador André Puccinelli (PMDB) voltou a dizer que não pretende disputar a eleição no ano que vem e que vai abrir mão de sua vaga para vice-governadora. Se esta linha seguir, a possibilidade do PMDB negociar a vaga do senado com partidos aliados fica descartada.

O pré-candidato ao governo do PMDB, o ex-prefeito Nelsinho Trad, tinha ficado com a tarefa de fazer estas articulações partidárias antes de se definir a chapa majoritária. O presidente estadual do PMDB, o deputado Junior Mochi, já havia destacado que a preferência era por Simone, mas que era preciso conversar com todos os partidos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário