A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

28/04/2015 10:12

Alceu cita Deus em carta e que deseja ter tranquilidade para provar inocência

Edivaldo Bitencourt
Carta entregue hoje pelo empresário e pastor evangélico (Foto: Reprodução)Carta entregue hoje pelo empresário e pastor evangélico (Foto: Reprodução)

Na carta de renúncia, entrega na manhã de hoje na Câmara Municipal, o empresário e pastor evangélico Alceu Bueno cita Deus e garante que vai provar a “inocência”. Ele renunciou ao mandato após ser indiciado pela exploração sexual de adolescentes.

Inicialmente, conforme o inquérito policial, o vereador saiu com adolescentes e teve os encontros filmados. O esquema de extorsão envolve o ex-vereador Robson Martins, que renunciou ao mandato pelo mesmo tipo de crime em 2003, o empresário Luciano Roberto Pageu e Fabiano Viana Otero. Eles teriam conseguido R$ 100 mil e foram presos ao receber R$ 15 mil. Na segunda tentativa, o trio planejava receber mais R$ 50 mil, conforme a polícia.

Na carta entregue ao presidente da Câmara Municipal, Mario Cesar Oliveira (PMDB), ele ressalta que a renúncia faz parte da estratégia para sair do foco e da pressão popular. “A renúncia é motivada para eu exercer de maneira tranquila, lídima e transparente, minha ampla defesa”, avisa.

Mais adiante, Bueno destaca que é inocente das acusações e que foi o responsável por acionar a polícia para investigar o suposto esquema de exploração sexual e extorsão.
“Portanto, confiando em DEUS desmonstrarei inexistir qualquer responsabilidade a mim atribuída, comprovando, assim minha INOCÊNCIA”, conclui a carta.

Bueno é empresário e já se envolveu em outra polêmica no ano passado. Um depósito estaria irregular e funcionando sem licença ambiental no Bairro Nova Bahia, na saída para Cuiabá. O MPE (Ministério Público Estadual) mandou a prefeitura interditar a empresa e recorreu à Justiça para suspender a atividade. A Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) interditou o depósito, mas o ex-vereador conseguiu a liberação após recorrer ao Judiciário.

Câmara adia de novo votação da PEC que cria distritão e fundo eleitoral
Após várias tentativas de votação nesta terça-feira (22), a análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que altera o sistema político-e...
Câmara aprova parcelamento de dívidas de Estados e municípios com o INSS
A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 22, em plenário, a medida provisória 778/2017, que permite Estados e municípios parcelarem...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions