A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/06/2011 12:19

André desconversa e diz que dá palpite sobre TCE no dia da votação

Fabiano Arruda e Ítalo Milhomem

Durante evento na governadoria nesta sexta-feira, o governador André Puccinelli (PMDB) voltou a se esquivar sobre a informação de que exerce influência no processo de escolha para conselheiro no TCE/MS (Tribunal de Contas do Estado).

Para responder se tem algum palpite de quem assume a cadeira, o deputado Antônio Carlos Arroyo (PR) ou a senadora Marisa Serrano (PSDB), Puccinelli brincou e avisou que opina apenas na quarta-feira, dia da votação na Assembleia Legislativa.

André também foi questionado se tem feito ligações para os deputados estaduais a fim de saber quem está apoiando quem no processo, garantiu.

“Não liguei e não pedi voto. Apenas o que tenho ouvido falar é que o Jerson está pedindo votos para a Marisa”, afirmou o governador, que voltou a negar interferência na decisão da Casa de Leis, a quem pertence o poder de indicar o substituto de Celina Jallad no Tribunal.

O governador cumpre agenda agora à tarde em Maracaju e participa das comemorações do aniversário do município.

TCE - A escolha à vaga no TCE se arrasta há mais de três meses e terá desfecho na semana que vem. Na terça ocorre sabatina com Arroyo e Marisa, a ser feita pela CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação). O deputado Pedro Kemp (PT) preside a sessão, que será transmitida pela TV Assembleia.

Nesta semana, durante o processo de inscrições, tanto o deputado republicano como a senadora tucana, foram oficializados como candidatos.

A lista de deputados que assinaram a indicação de Marisa Serrano tem Diogo Tita, Dione Hashioka, Eduardo Rocha, Felipe Orro, Jerson Domingos, Junior Mochi, Lauro Davi, Marcio Fernandes, Mauricio Picarelli, Onevan de Matos, Professor Rinaldo e Zé Teixeira.

As assinaturas do requerimento servem para a candidatura tramitar na Casa e não representa que os parlamentares vão votar na parlamentar. Os que não estão na relação, teoricamente, votaram em Arroyo, sem contar que alguns podem votar nos dois.

Nos bastidores, a indicação de Marisa é tida como certa. Ela teria, inclusive, preferência de Puccinelli, embora ele tenha declarado publicamente, em diversas ocasiões, que "se fosse deputado votaria no Arroyo".

Outra certeza que se tem nos corredores é que a forma de votação, fechada ou aberta, pode mudar radicalmente o voto dos deputados.

Londres afirma que suplente de Marisa tenta voltar ao PR
De volta a Assembleia Legislativa após um tratamento médico, o deputado Londres Machado (PR) revela que o empresário Antônio Russo Netto (sem partid...
Kemp vai presidir sabatina de candidatos ao TCE e sessão será televisionada
Durante reunião na sessão desta quinta-feira na Assembleia Legislativa, o deputado Pedro Kemp (PT) foi escolhido para presidir a sabatina aos candida...
Marisa oficializa candidatura a vaga no Tribunal de Contas
O deputado Márcio Monteiro (PSDB) protocolou na manhã desta quarta-feira (8), o requerimento de candidatura da senadora Marisa Serrano (PSDB) para di...
Deputados divergem sobre votação aberta para escolha de conselheiro no TCE
Definidos os próximos passos para a escolha do conselheiro de Celina Jallad no TCE (Tribunal de Contas do Estado), os deputados agora divergem sobre ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions