A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/03/2014 13:29

André diz que Moka tem seu apoio sobre não aderir a CPI da Petrobras

Leonardo Rocha
André diz que apóia Moka sobre suas decisões no Senado (Foto: Marcos Ermínio)André diz que apóia Moka sobre suas decisões no Senado (Foto: Marcos Ermínio)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que o senador Waldemir Moka (PMDB) tem seu total apoio e confiança sobre a decisão de não assinar o requerimento para instalação da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que irá investigar a Petrobras, sobre a compra da refinaria de Pasadena.

“Sobre a CPI (Petrobras) quando eu for senador, caso saia candidato, vou me posicionar, acredito que nada deve ser feito de forma afoita, e também digo que o (Waldemir) Moka tem todo o meu apoio e confiança nas decisões que toma no Senado”, afirmou ele.

Além de Moka, o senador Delcídio do Amaral (PT) também não assinou o requerimento para criação da CPI, no entanto a oposição conseguiu os 28 votos suficientes no Senado. De Mato Grosso do Sul, o senador Ruben Figueiró (PSDB) assinou o requerimento. 

Para a CPI ser efetivada no Senado, o requerimento precisa ser protocolado na Secretaria da Mesa Diretora. Depois o presidente da mesma, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), irá determinar a instalação.

Compra - Em 2006, a Petrobras comprou 50% da refinaria de Pesadena, no Texas (EUA), pelo valor de R$ 360 milhões. Em função do contrato, teve que comprar o restante da refinaria em uma operação que chegou a R$ 1,18 bilhão.

A CPI pretende investigar a aquisição da refinaria, indícios de pagamento de propina a funcionários da petroleira, denúncias sobre o funcionamento da plataforma sem o uso de equipamentos essências de segurança, assim como indícios de superfaturamento na construção de tais refinarias.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions