A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

18/03/2014 12:35

André diz que Olarte foi ágil e “humilde” ao pedir ajuda ao governo estadual

Leonardo Rocha
Governador diz que está a disposição de prefeitos e irá ajudar Campo Grande no que for preciso (Foto: Marcos Ermínio)Governador diz que está a disposição de prefeitos e irá ajudar Campo Grande no que for preciso (Foto: Marcos Ermínio)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou hoje (18) que o novo prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), foi ágil e humildade ao marcar uma reunião, com a presença dos vereadores, para pedir ajuda ao governo estadual em relação a algumas áreas da Capital.

“Hoje o prefeito (Gilmar Olarte) veio junto com os vereadores e teve um ato inteligente e humilde ao nos propor uma relação harmônica entre os poderes e pedir o nosso apoio em determinadas áreas como a saúde”, ressaltou ele.

De acordo com Puccinelli, o novo prefeito foi “rápido” e “ágil” em montar sua equipe e buscar o apoio dos partidos e lideranças políticas.

“O que for bom para Campo Grande será bom para o Estado, então vou ajudar no que for preciso, sem qualquer pedido de contrapartida”.

André lembrou que desde que assumiu o governo estadual em 2007, sempre se colocou a disposição dos prefeitos para eventuais convênios e parcerias, além de ajuda em questões pontuais.

“Eu recebi o ex-prefeito (Alcides Bernal) três vezes, nunca levei em conta a questão partidária, só o ex-prefeito de Corumbá (Ruiter Cunha) que brigou comigo, mas depois fizemos as pazes”.

O governador fez questão dizer que aqueles prefeitos que não o procuraram para fazer parcerias, não foi por conta de qualquer impedimento, e sim uma decisão deles. “Sempre defendi a municipalidade, pois quando contribuo com as prefeituras, ajudo os sul-mato-grossenses”.

Gilmar Olarte também ponderou que quer uma administração de coalizão, com a ajuda e apoio do governo estadual, e que assim que fazer o levantamento de todas as pastas, não irá hesitar em pedir ajuda caso necessitar.

“Nosso trabalho é dar normalidade a prefeitura, porque sabemos que algumas coisas estavam em dificuldade. Pedi que os secretários apresentem até quinta-feira (20) o levantamento de cada pasta e depois vamos expor a situação na próxima segunda (24), em entrevista coletiva”.

A princípio o prefeito pediu ajuda do governo estadual em relação à falta de medicamentos nas unidades de saúde e uma possível parceria com o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), para ajudar na sinalização do trânsito da Capital.

Além do governador e do novo prefeito, participaram desta reunião a maioria dos vereadores de Campo Grande, além de alguns secretários municipais como Jamal Salem (Sesau), Edil Albuquerque (Sedesc) e Cícero Ávila de Lima (Funsat).

Gilmar espera levantamento das pastas até quinta-feira e se precisar vai pedir novamente ajuda ao governo estadual (Foto:Marcos Ermínio)Gilmar espera levantamento das pastas até quinta-feira e se precisar vai pedir novamente ajuda ao governo estadual (Foto:Marcos Ermínio)
Em reunião com Puccinelli, Olarte pede ajuda na aquisição de medicamentos e sinalização do trânsito (Foto: Marcos Ermínio)Em reunião com Puccinelli, Olarte pede ajuda na aquisição de medicamentos e sinalização do trânsito (Foto: Marcos Ermínio)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions