A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

02/12/2014 12:50

André diz que se tiver competência paga-se as contas e folha em 2015

Leonardo Rocha
André afirmou que se equipe de Azambuja for competente poderá pagar as contas com tranquilidade (Foto: Marcelo Calazans)André afirmou que se equipe de Azambuja for competente poderá pagar as contas com tranquilidade (Foto: Marcelo Calazans)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que se o novo governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), tiver uma equipe competente, irá conseguir pagar com tranquilidade os valores referentes a dívida do Estado, assim como o aumento na folha salarial, a partir de 2015.

"O aumento da folha salarial não passa de R$ 5 milhões, não haverá problemas em pagar, além disso vamos deixar um dinheirinho um pouquinho mais graúdo em conta", afirmou ele, hoje (02), durante a entrega de viaturas, no Comando da Polícia Militar.

André ainda ressaltou que sobre a dívida do Estado foi reduzido a metade em relação a receita do governo estadual e que quando assumiu a gestão havia 4 dívidas a serem pagas e durante seu mandato conseguiu quitar duas.

"Se tiver competência paga com tranquilidade, se não conseguir pode me chamar, que como cidadão comum, sem salário, eu volto para auxiliá-los", garantiu.

O governador ainda comentou que não haverá nenhum empréstimo para ser pago no começo de 2015, já que a amortização junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), começa a ser paga em 2016. "Nós já estamos pagando os juros e vai ter que continuar a pagar, se fizer tudo certo, toca com tranquilidade o governo".

Sobre uma possível redução dos servidores comissionados, André citou que existem 2.835 cargos, sendo que nomeados estão 2.211, ficando 624 cargos abertos. "Se ele (Reinaldo Azambuja) reduzir 70% dos cargos, não toca nem um município como Campo Grande", observou Puccinelli.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions