A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/12/2014 12:32

André entrega documentos, equipe agora irá elaborar relatório final

Leonardo Rocha
André entrega últimos documentos a equipe de transição de Reinaldo Azambuja (Foto: Leonardo Rocha)André entrega últimos documentos a equipe de transição de Reinaldo Azambuja (Foto: Leonardo Rocha)

O governador André Puccinelli (PMDB) entregou hoje (10), no gabinete da governadoria, o restante dos documentos da sua gestão à equipe de transição de Reinaldo Azambuja (PSDB), em relação a dados e informações das secretarias, fundações e entidades do governo estadual.

"No dia 12 de novembro começamos a transição, abrindo as secretarias para as visitas e reuniões, tendo acesso aberto a todos, nós contribuímos no que foi possível, para não dizerem depois que faltou informação", afirmou Puccinelli.

O governador ainda ressaltou que no dia 30 de dezembro, vai fornecer toda esta documentação à imprensa, como uma prestação de contas de sua gestão. "Assim como falei em discurso na Associação Comercial, digo que vivemos no melhor Estado, na Capital mais bonita do Brasil, desejamos sucesso aos demais e bom governo, ao novo governador", ressaltou ele.

Na reunião de hoje, o governo estadual entregou os documentos relativos as Secretaria de Segurança Pública, Educação, Saúde, Governo, Casa Civil, Habitação, Juventude, além da Agesul, Funsau, Detran, Sanesul, Agepan, MSGás, Fertel, Fundesporte e das Subsecretarias da Mulher e da Coordenadoria para Promoção de Igualdade Racial.

Relatório - O coordenador da equipe de Azambuja, Marcelo Miglioli, ressaltou que após esta coleta de dados, o grupo vai prosseguir para formatar o relatório final, que será entregue ao novo governador, até o dia 15 deste mês.

"Vamos trabalhar duro para cumprir este prazo, temos que agradecer o empenho da Thie Higushi (secretária de Administração), que conduziu uma transição muito tranquila e saudável, estabelecida desde o início", elogiou Miglioli.

Sobre mudanças e aumento na folha salarial, o coordenador ressaltou que somente após a análise dos documentos poderão constatar o valor. "Já se falou em aumento de R$ 5 milhões ou até R$ 20 milhões, vamos conferir para saber o valor real", disse ele.

Nesta reunião, participaram da equipe de Azambuja: Miglioli, Carlos Alberto Assis e Felipe Matos. Do grupo do governador esteve a sua coordenadora, Thie Higushi (Administração), além do assessor jurídico Carlos Roberto de Marchi, o Neno e o diretor da Semac, Nelson Shiguenori Tshushima. O deputado Jerson Domingos (PMDB) representou a Assembleia, e o procurador-geral de Justiça de MS, Humberto Brites, o Ministério Público Estadual.

 



Comece dizendo à imprensa o motivo de estar enviando viaturas usadas da PM, retiradas de Batalhões da Capital, para o interior.
 
TOYOSHI SATO em 10/12/2014 15:57:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions