A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

18/10/2013 10:06

Apesar de paralisar obras, Bernal diz que único problema é "classe política"

Leonardo Rocha e Kleber Clajus
Prefeito diz que única dificuldade está na classe política, apesar de denúncias em outras áreas (Foto: Cleber Gellio)Prefeito diz que única dificuldade está na classe política, apesar de denúncias em outras áreas (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito Alcides Bernal (PP) afirmou hoje que a única dificuldade da sua administração está nas ações com a “classe política”, no entanto existem outras reclamações sobre sua gestão, como a contratação de empresas de forma emergencial e denúncia do MPE (Ministério Público Estadual) sobre a paralisação de 28 obras na Capital.

“Estamos com dificuldades apenas com a classe política, um parte dela, tem pessoas que não sossegam e não permitem que a gente trabalhe como gostaríamos, fazem de tudo para dificultar”, afirmou Bernal, durante entrevista no programa de rádio Refazenda.

Apesar desta constatação, o MPE denunciou o prefeito sobre a paralisação de 28 obras nas áreas da saúde, educação, cultura e mobilidade urbana. Entre elas está o Hospital do Trauma que não foi concluído e ainda o executivo terá que devolver R$ 1,5 milhões ao Detran (Departamento Estadual de Trânsito), pelo fato de não haver a devida prestação de contas.

Nos bairros Aero Rancho, Parati, Oliveira não foram finalizadas as UBS (Unidade Básica da Saúde), além de não ter construído unidades de saúde que estavam previstas nas Moreninhas, Jardim da Capa e Santa Mônica. Na área da educação, existe a denúncia de abandono e falta de conservação de Ceinfs (Centros de Educação Infantil) em 19 bairros, além de escolas municipais no Paulo Coelho Machado e Parati.

As obras no Centro Cultural Belas Artes continuam lentas e sem previsão para serem encerradas, assim como a urbanização da Orla Morena II e a revitalização da Avenida Guaicurus, que já foi anunciada pelo prefeito.

Contratos – Uma das principais denúncias da CPI do Calote foi em relação ao uso de contratos emergenciais pelo prefeito, demonstrando a falta de planejamento para a abertura de processos licitatórios em tempo hábil. Entre eles, está a contratação da empresa Salute para fazer a distribuição de alimentos aos Ceinfs e a Megaserv que foi contratada para fazer a limpeza nos postos de saúde.




Este Bernal é mesmo um farsante. Ele está colocando a culpa de seu fracasso na classe política. Os contadores, os engenheiros, os arquitetos, os construtores, e outros profissionais, estão p. da vida com o Bernal porque que a Prefeitura está parada. Lá nada anda, não sai certidões. não sai alvarás, não sai nada. Na prefeitura quem está trabalhando são somente os mirins, não existem profissionais competentes em nenhum departamento. O único departamento que está funcionando à todo vapor, é o da fiscalização. Os fiscais estão multando todo mundo, mesmo quem não tem alvará ou licença por atraso da Prefeitura. Nossa Cidade Morena já perdeu sua beleza, porque nunca teve um Prefeito tão despreparado e tão incopetente. O Ministério Público e a Comissão Processante precisa agir rápido
 
VALDIR VILLA NOVA em 18/10/2013 14:11:21
esse prefeito é uma piada,desde que entrou só confusão, falta de profissionalismo, e ainda acha que é a sociedade que esta sendo prejudiacada? tem vários prejudicados pela cidade, isso é verdade, mas por não ter um responsável, alguem apto!
 
Caio Prado em 18/10/2013 12:06:01
“Estamos com dificuldades apenas com a classe política, um parte dela, tem pessoas que não sossegam e não permitem que a gente trabalhe como gostaríamos, fazem de tudo para dificultar” - HAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! Assim fica fácil ser prefeito!! Se não sabe trabalhar, é só jogar a culpa nos outros!!! Que piada!!
 
Anderson Fernandes em 18/10/2013 10:29:24
Tudo isso acontece por conta do amadorismo do Prefeito e de seus funcionários. Quando assumiu, ele simplesmente demitiu metade ou mais dos servidores sem nem sequer tomar conhecimento da competência do profissional e muito menos de dar um tempo para a nova equipe aprender com os que estavam saindo. Hoje quem toma conta da prefeitura são os mirins, pois não existem funcionários para assumir os cargos anteriores e o que assumiram não sabem o que fazer.
 
Sergio Arantes em 18/10/2013 10:25:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions