A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

14/10/2013 12:57

Após ausência, Jamal confirma que vota amanhã Comissão Processante

Kleber Clajus

O vereador Jamal Salem (PR) confirma que estará presente na sessão desta terça-feira (15), quando retorna a votação na Câmara Municipal de Campo Grande a abertura ou não de Comissão Processante. Sua ausência no dia 8 de outubro gerou bate-boca entre vereadores da oposição e da base do prefeito Alcides Bernal (PP).

“Não estive na sessão por uma viagem de última hora e para não externar, em respeito ao Paulo Siufi (PMDB), meu voto contrário à abertura da Comissão Processante. Tenho conversado com o Bernal e a oposição, mas só defino amanhã para votar consciente e pelo bem de Campo Grande”, declara Jamal que não acredita que a pressão popular possa alterar a decisão dos vereadores.

Abertura indefinida - Para que a Comissão seja efetivamente aberta é preciso que 20 dos 29 legisladores sejam favoráveis ao processo.

Enquanto a oposição aponta para a existência de 22 votos favoráveis, Bernal sinaliza ter 15 contrários para livrá-lo do processo. O pedido para abertura foi protocolado no dia 30 de setembro, por Luiz Pedro Gomes Guimarães e Raimundo Nonato de Carvalho, e teve parecer favorável para tramitação pela Procuradoria Jurídica da Câmara.

De acordo com Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), alguém está errando as contas e “na hora vai ter surpresas”.

Jamal pode fazer parte dessa surpresa, uma vez que integra o grupo de indecisos também composto por Waldecy Chocolate (PP) e Juliana Zorzo (PSC).

Na véspera da votação o presidente da Casa de Leis, Mario Cesar (PMDB), solicitou a Polícia Militar reforço na segurança para que a sessão possa ser realizada. Ele também se limita a dizer que caberá a “cada vereador se explicar com a população sobre sua decisão”.




Amanhã a polícia precisa barrar os cupinchas do Bernal, que vão à Camara Municipal para fazer baderna. Os Vereadores precisam solucionar com urgência este processo de cassação do "Prefeito" que não tem capacidade nem conhecimento administrativo. O povo já está cançado deste jogo de empurra, se é para caçar o mandato do cara, que façam logo.
 
VALDIR VILLA NOVA em 14/10/2013 14:28:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions