A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

23/02/2016 13:34

Após convites, deputados admitem possível mudança para o PSDB

Leonardo Rocha
Mara Caseiro diz que em breve decide sobre ida para o PSDB (Foto: Assessoria/ALMS)Mara Caseiro diz que em breve decide sobre ida para o PSDB (Foto: Assessoria/ALMS)
Picarelli admite a possibilidade de seguir junto com a esposa para ninho tucano (Foto: Assessoria/ALMS)Picarelli admite a possibilidade de seguir junto com a esposa para ninho tucano (Foto: Assessoria/ALMS)

Com a abertura da janela partidária, na semana passada, os deputados têm recebido inúmeros convites para trocarem de legendas. Os tucanos seguem em destaque, podendo inclusive formar a maior bancada do legislativo. Maurício Picarelli (PMDB) e Mara Caseiro (PMB) reconheceram que estão avaliando a possível ida para o PSDB.

Após rumores e algumas negativas, Picarelli diz que está estudando a proposta tucana e que existe a possibilidade dele e da sua esposa, a vereadora Magali Picarelli (PMDB), mudarem para o PSDB. "Ainda não tomamos a decisão, temos que avaliar o que é melhor para nosso futuro político, inclusive este ano tem eleição para ela".

Ele mencionou que ainda não conversou com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), mas que em breve vai tomar a decisão e comunicar a todos. "Recebemos o convite, disseram que querem contar conosco, porém ainda não demos uma resposta final".

Já Mara Caseiro (PMB) pode fazer a sua segunda mudança de partido, em menos de seis meses. Ela trocou o PT do B pelo PMB em dezembro do ano passado, por estar insatisfeita com a direção do partido e receber da nova legenda, a proposta de ser candidata a prefeita da Capital.

Agora surgiu um convite do PSDB, feito pessoalmente pelo governador. "Tivemos uma reunião política, onde o Reinaldo (Azambuja) disse que queria contar conosco, vou avaliar a proposta junto a minha base eleitoral, para tomar uma decisão segura". Ela ressaltou que se for para o "ninho tucano", também vai colocar seu nome a disposição para prefeitura.

"Não me impede de ser mais uma opção para o PSDB, sabemos que em toda troca sempre tem os prós e os contra, neste momento tenho que pensar no meu grupo político, nas cidades que represento". Se os deputados aceitarem a proposta, o PSDB pode ter sete deputados na Assembleia, sendo a maior bancada, já que o PMDB ficaria apenas com cinco.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions