A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

20/03/2013 10:50

Após crise, PT pede para Bernal nomear secretário de Governo

Edivaldo Bitencourt e Jéssica Benitez

Afundado na maior crise política desde o início do mandato, com a Câmara Municipal dominada por uma oposição “armada”, o prefeito Alcides Bernal (PP) deve nomear, urgentemente, um secretário de Governo.

A sugestão foi feita pela bancada do PT, que se reuniu com o prefeito ontem à tarde, após o deputado Marquinhos Trad (PMDB), na parte da manhã, fizer duras críticas ao chefe do executivo sem que nenhum aliado fizesse a sua defesa.

De acordo com o líder do PT, deputado estadual Laerte Tetila, Bernal foi subsidiar a bancada petista para defende-lo dos ataques da oposição na Assembleia Legislativa. Como ponto a favor, ele citou o combate à dengue, que começa a perder força com a volta do frio. O prefeito contou que a média diária de casos despencou de 1,8 mil para 250.

Durante o encontro, que não teve a presença do deputado estadual Pedro Kemp (PT), Bernal foi cobrada para nomear um secretário de Governo. O atual secretário de Receita, Gustavo Freire, que acumula o comando da Secretaria de Receita, responde pelo cargo, mas não tem feito a articulação política com os parlamentares.

Bernal prometeu nomear um articulador político, mas não fixou um prazo nem mostrou ter pressa. Tetila disse que um secretário só para a articulação política é necessário para ajudar na crise instalada entre o prefeito e a Câmara Municipal.

Ontem, os vereadores aprovaram, pela primeira vez na história da Capital, uma moção de repúdio ao prefeito e sinalizaram aprovar a convocação de Bernal para explicar as contas do município.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions