A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/04/2015 18:38

Após ir a polícia, vereador posta depoimento sobre escândalo no Facebook

Michel Faustino
Parlamentar publicou depoimento na integra em sua rede social. (Foto: Reprodução/Facebook)Parlamentar publicou depoimento na integra em sua rede social. (Foto: Reprodução/Facebook)

Pouco tempo depois de ir até à DPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), na tarde de hoje (22), para falar sobre escândalo envolvendo políticos em suposta rede de exploração sexual de adolescentes, o vereador Caros Augusto Borges,Carlão (PSB) decidiu se pronunciar por meio de sua página no Facebook.

O parlamentar postou um pequeno texto seguido da cópia do depoimento prestado na tarde de hoje. “(...) Posto as minhas declarações porque não tenho nada a esconder da Justiça e muito menos da população. Ratifico que o endereço constando na declaração está incorreto”.

Na delegacia o vereador disse ao Campo Grande News que decidiu procurar a polícia por que ficou preocupado com os “boates”.

“Não gosto de conversa fiada, quem fala demais pode responder por processo de calúnia, tenho passado limpo não compactuo com esse tipo de atitude (exploração sexual)”, comentou Carlão.

Segundo ele, chegou ao seu conhecimento comentários feitos em grupos de WhatsApp sobre suposta participação dele no esquema. “Em questão de três minutos, me coloquei à disposição do delegado”, contou.

Ainda de acordo com o vereador, seu nome surgiu na história porque estaria ao lado de Alceu Bueno (PSL) durante encontro “por acaso” com o ex-vereador Robson Martins, acusado de extorquir dinheiro de Bueno, com ameaça de divulgar foto do parlamentar com duas adolescentes nuas.

“Pedi carona ao Alceu, ele parou em um posto para abastecer e encontrou o Robson. Enquanto os dois conversavam, fui cumprimentar as meninas da conveniência, só cheguei no final da conversa e troquei poucas palavras com o Robson”, relatou Carlão.

Ele contou ainda que alertou Bueno para não se envolver com “esse tipo de gente". "Antes de sair, o Robson disse para o Alceu não esquecer da página 27, perguntei do que se tratava e ele relacionou a fala à publicação na revista (Altar)”, completou Carlão.

Ao vereador, o delegado teria confirmado que Robson o citou por estar com Bueno em um dos seus encontros. “E só foi isso”, reforçou. Carlão ainda disse que se soubesse do suposto envolvimento do colega de Câmara com o esquema “nem carona pegava”.

Antes de escândalo, vereador era "homem de Deus"
Mais um revés – Não bastassem as denúncias de corrupção envolvendo dirigentes nacionais, o PT regional sofreu mais um revés ontem. A Justiça foi ao d...
Preocupado com boatos, vereador procura polícia para falar de escândalo
Preocupado com boatos, o vereador Caros Augusto Borges,Carlão (PSB) foi, na tarde desta quarta-feira (22), à DPCA (Delegacia Especializada de Proteçã...
Polícia oficializa amanhã nome de políticos envolvidos em escândalo sexual
O delegado Paulo Sérgio Lauretto, da DPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), divulga oficialmente, nesta quinta-feira ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions