A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/04/2015 14:26

Polícia oficializa amanhã nome de políticos envolvidos em escândalo sexual

Lidiane Kober e Renan Nucci

O delegado Paulo Sérgio Lauretto, da DPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), divulga oficialmente, nesta quinta-feira (23), o nome dos políticos envolvidos em suposta rede de prostituição de adolescentes. Ele ainda dará detalhes de como funciona o esquema, que resultou na extorsão de pelo menos um vereador da Capital. A coletiva está marcada para às 15h30.

O caso veio à tona após o vereador Alceu Bueno (PSL) revelar a polícia que estava sendo extorquido. Segundo o inquérito, ele chegou a desembolsar R$ 100 mil para evitar a divulgação de vídeos e fotos com duas adolescentes, de 15 anos, nuas.

Bueno garante que não cometeu nenhum crime. “Tive coragem, apenas denunciei uma máfia que estava achacando homens de bem e extorquindo”, afirmou.

Acusados de extorsão, estão presos o ex-vereador Robson Martins e o empresário Luciano Pageu. Suspeito de aliciar as meninas e se fazer passar por elas para atrair os políticos em conversas via rede social, Fabiano Viana Otero teve a prisão preventiva decretada, mas ainda não se apresentou.

Além do vereador, o ex-deputado Sérgio Assis (PSB) também teria se envolvido com adolescentes, conforme uma das filmagens, apreendidas pela polícia

Na manhã de hoje, Lauretto anunciou que foi pedida a prisão de Fabiano. A defesa contestou a afirmação e adiantou que o acusado deve se apresentar em breve. Ainda de acordo com o delegado, mais pessoas podem estar envolvidas.



O que levaria o Sr. Alceu Bueno desembolsar R$ 100 mil para pagar uma extorsão ao qual ele diz que não participou de nada? Que homem de "bem" desembolsa uma grana dessa de graça sem dever nada? Tá de brincadeira né Sr. Alceu Bueno!
 
MARINHO em 22/04/2015 15:12:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions