ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 21º

Política

Aprovado projeto que obriga empresas a informar casos de covid dos funcionários

As notificações devem ser feitas para Sesau e também inclui os casos suspeitos dentro da empresa

Por Leonardo Rocha | 07/07/2020 12:50
Vereadores durante votação de projeto na Câmara (Foto: Divulgação - CMCG)
Vereadores durante votação de projeto na Câmara (Foto: Divulgação - CMCG)

Os vereadores aprovaram, durante sessão, o projeto que obriga as empresas e órgãos públicos  a notificar para Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) os casos suspeitos e confirmados de covid-19 dos seus funcionários.

Esta notificação deve ocorrer no prazo de até 24 horas após ter conhecimento da contaminação. Caberá a Secretaria disponibilizar tal informação no seu site principal, no período de até seis horas, depois de informada.

Nesta divulgação a Sesau irá informar o nome da empresa onde teve a contaminação, assim como o local de atuação do funcionário. Também deve constar a data da realização do exame confirmado a doença ou no caso de suspeita, quando o trabalhador contou sobre os sintomas.

As empresas ou órgãos que não cumprirem as medidas, estarão sujeitas a sanções administrativas e multas, que serão definidas elo poder executivo municipal. A prefeitura poderá fazer fiscalizações para averiguar esta situação nos estabelecimentos e entidades (públicas).

A proposta será regulamentada por decreto, para sua aplicação na prática. O vereador André Salineiro (Avante) votou contra, alegando que seria mais uma exigência à iniciativa privada, que segundo ele, está atravessando momento difícil durante a pandemia. “Estão se esforçando para permanecer abertas e ainda tem mais um projeto que prevê multas e punições”.

Já o autor da projeto, o vereador Hederson Fritz (PSD), justificou que a  intenção é contribuir para sociedade e não prejudicar empresas. " Só vão ser punidas aquelas que tiverem maus empresários, que não queiram comunicar os casos", citou.