A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/06/2010 09:01

Artuzi confirma apoio a André e PDT promete punição

Redação

O prefeito de Dourados, Ari Artuzi, reafirmou publicamente nesta manhã que o PDT apoiará a reeleição do governador André Puccinelli (PMDB) no município.

A declaração foi feita durante a autorização de obras, exatamente no momento em quem Puccinelli falava sobre os 15 partidos já garantidos em seu arco de alianças e sobre os outros dois que estão em negociação.

"Aqui em Dourados também tem o apoio do PDT", declarou.

No dia 24 de abril, ele já havia dado o tom de seu posicionamento. "Ninguém tem que fazer nada, ninguém é obrigado, se eu quiser eu fico em casa, quieto", disparou.

Tanto o presidente regional do PDT, deputado federal Dagoberto Nogueira, quanto o ex-presidente, João Leite Schimidt, garantem que haverá punição aos "rebeldes".

Isso porque o partido já está fechado com o projeto político do ex-governador Zeca do PT.

"Até a convenção, podem falar o que quiserem, mas depois de oficializada a aliança, quem não se enquadrar vai ser processado por infidelidade. Pode ser condenado ou absolvido, e a expulsão é a mais grave punição", detalhou Schimidt.

"Vamos analisar caso a caso", enfatizou Dagoberto.

Schimidt disse que o partido "ainda não apertou os parafusos" e que ainda há prefeitos "fazendo jogo".

"Isso tudo por causa de asfalto e outras benesses, mas isso é normal, faz parte do jogo", espetou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions