ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  13    CAMPO GRANDE 29º

Política

Artuzi era o candidato do PMDB em Dourados, diz Marçal

Por Redação | 13/02/2008 15:42

O presidente do Diretório Municipal do PMDB de Dourados, Marçal Filho, disse nesta quarta-feira (13 de fevereiro) que a saída do deputado estadual Ari Artuzi (hoje no PDT) do partido se deu pela própria vontade do parlamentar, descartando a existência de fatores como perseguição ou discriminação. E salientou que o hoje deputado pedetista tinha a condição de candidato peemedebista à prefeitura douradense.

Marçal Filho foi arrolado pelo partido como testemunha de acusação no processo que corre no Tribunal Regional Eleitoral, no qual Artuzi é acusado de infidelidade. Se condenado, o pedetista poderá perder o mandato.