A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

21/03/2017 12:31

Assembléia adia para amanhã votação de projeto que limita gastos dos poderes

Paulo Nonato de Souza e Leonardo Rocha
Por precaução, o líder do Governo na AL, Rinaldo Modesto (PSDB), retirou projeto de pauta (Foto: AL/Divulgação)Por precaução, o líder do Governo na AL, Rinaldo Modesto (PSDB), retirou projeto de pauta (Foto: AL/Divulgação)

A Assembléia Legislativa adiou para amanhã a votação da proposta do Governo do Estado que fixa um período de 10 anos para que os poderes não aumentem suas despesas, e faça apenas reposição da inflaçao do ano e mesmo assim no caso de aumento da receita líquida estadual.

Hoje aconteceria a primeira votação em Plenário, que é quando os parlamentares avaliam a constitucionalidade da matéria, mas a proposta foi retirada de pauta pelo líder do Governo na Assembléia, deputado Rinaldo Modesto (PSDB). Ele entendeu que não teria votos suficientes para aprovação.

Dos 24 deputados, 20 estavam presentes na sessão desta terça-feira. Os ausentes foram os deputados Eduardo Rocha (PMDB), de licença médica, Paulo Corrêa, em reunião com autoridades do Paraguai na Governadoria, Graziele Machado (PR) e Antonieta Amorim (PMDB), sem justificativas.

Como se trata de uma PEC (Projeto de Emenda Constitucional) a aprovação exige 2/3 de votos favoráveis, ou seja, 16 dos 24 deputados da Casa. Dos 20 presentes hoje, Rinaldo Modesto avaliou que o projeto teria 15 votos favoráveis e cinco contrários, dos quatro deputados do PT – Pedro Kemp, Cabo Almi, Amarildo Cruz e João Grandão – mais o voto de Lídio Lopes (PEN).

“A retirada de pauta foi uma forma de precaução ao risco de colocar em votação um projeto do governo que poderia não ter aprovação. Entrará em pauta novamente amanhã e teremos mais tempo para conversar com o pessoal da base. Desses quatro ausentes, qualquer um deles já fechava a conta”, comentou Rinaldo Modesto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions