A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

25/06/2015 12:22

Assembleia aprova reajuste de 7,9% para quem não teve antecipação em 2014

Aline dos Santos e Leonardo Rocha

A Assembleia Legislativa aprovou hoje o projeto do governo do Estado que propõe reajuste de 7,9% para servidores que não tiveram antecipação do aumento em dezembro de 2014. Com 17 votos a favor e nenhum contra, a proposta passou em primeira votação. Na terça-feira, o projeto será votado pela segunda vez.

O reajuste tramitou em regime de urgência. Ontem, o líder do governo, deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB), afirmou que a tramitação, apesar do documento do Poder Executivo pedir celeridade, seria normal por não se tratar de “urgência urgentíssima”. Hoje, o tucano solicitou regime de urgência, que foi deferido pelos líderes partidários.

O reajuste contempla servidores que não tiveram antecipação do reajuste salarial. O secretário de Governo, Eduardo Riedel, afirmou no mês passado ao Campo Grande News que quatro categorias não tiveram reajuste em dezembro de 2014: servidores da PGE (Procuradoria Geral do Estado), Fiscal Tributário Estadual, Auditor Fiscal da Receita Estadual e servidores regidos por CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Também em maio, após negociação com a Feserp (Federação Sindical de Servidores Públicos, Estaduais e Municipais de Mato Grosso do Sul), o governador anunciou aumento de 7,9% no PCI ( Parcela Constitucional de Irredutibilidade) a 10 mil servidores estaduais.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions