A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

27/01/2015 13:16

Assembleia fecha chapa de consenso com apenas um cargo indefinido

Kleber Clajus
Acordo foi fechado hoje em reunião na Assembleia Legislativa (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)Acordo foi fechado hoje em reunião na Assembleia Legislativa (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)

Junior Mochi (PMDB) foi confirmado, nesta terça-feira (27), como presidente em chapa de consenso para comandar a Assembleia Legislativa. Da nova composição apenas a terceira vice-presidência ainda está indefinida. A posse ocorre no dia 1º de fevereiro.

“Temos compromisso de gestão compartilhada e, por isso, buscamos na composição dos membros da mesa ter todas as representações da Casa de Leis. Já na primeira sessão o presidente solicita aos partidos para indicar seus líderes e, a partir das próximas três sessões, seus representantes nas 15 comissões”, comentou Mochi, após reunião com deputados e presença do secretário da Casa Civil, Sérgio de Paula.

A nova composição para o biênio 2015/2016 considera forte articulação do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para que não houvesse disputa entre os parlamentares. Aliado do tucano, Zé Teixeira (DEM) tentou angariar votos para presidência, porém cedeu e responderá pelas finanças da Casa de Leis ao assumir a primeira secretaria.

Onevan de Matos (PSDB) assume a primeira vice-presidência, responsável pela TV Assembleia, enquanto a novata Grazielle Machado (PR) ficará com cargo de segunda vice-presidente. Já para a terceira vice-presidência o nome deve ser anunciado até o fim da tarde.

Com o PT, a segunda secretaria pode permanecer com Pedro Kemp ou passar por rotatividade entre os deputados Amarildo Cruz e Cabo Almi. Já a terceira secretaria está assegurada a Felipe Orro (PDT).

Mesmo que definida em chapa de consenso, a nova mesa diretora será empossada somente após a posse dos deputados eleitos em solenidade no domingo (1º), às 9h, no Plenário Deputado Júlio Maia. Os mandatos compreendem período até 31 de janeiro de 2019.

Juiz Sérgio Moro nega suspensão de segundo interrogatório de Lula
O juiz federal Sérgio Moro negou nesta sexta-feira, 18, o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para adiar seu interrogatório m...
Cármen Lúcia determina que tribunais divulguem salários de magistrados
A ministra Carmen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), assinou nesta sexta (18) uma portaria ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions