A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Agosto de 2019

24/03/2016 09:58

Assembleia já fez atualização cadastral de 66% dos seus servidores

Intenção é ter controle sobre quadro funcional e identificar eventuais "fantasmas"

Leonardo Rocha
Servidores durante cadastro no saguão da Assembleia (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)Servidores durante cadastro no saguão da Assembleia (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)

A Assembleia já conseguiu a adesão de 66% dos servidores, no seu programa de atualização cadastral. De acordo com o 1° secretário, o deputado Zé Teixeira (DEM), todos os dados depois serão repassados e divulgados pelo governo estadual. A intenção é mostrar quem são e onde estão os servidores da Casa de Leis.

O deputado explicou que sempre gerou muitas denúncias sobre o legislativo, em relação a servidores "fantasmas", que recebiam sem trabalhar. Por esta razão a Mesa Diretora resolveu fazer esta atualização, e assim ter conhecimento onde estão todos os funcionários e em que áreas eles trabalham. "A sociedade cobra e diz que aqui pode ser a 'Casa de fantasmas', por isso iremos fazer todo este levantamento", disse o democrata.

Teixeira citou que eles resolveram seguir o exemplo do próprio governo estadual, que no começo de 2015, na gestão de Reinaldo Azambuja (PSDB), fez uma atualização geral dos servidores, para saber quem eram os cedidos e onde os servidores trabalhavam. "Eles fizeram este levantamento e resolvemos este ano fazer o nosso, depois vamos repassar os dados para eles também".

O período de recadastramento começou no dia 1° de março segue até 15 de abril. A direção já avisou que quem não repassar os dados, pode ficar sem receber salário no próximo mês. Para o presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB), com todos estes dados disponíveis até poderá se desenvolver uma gestão de Recursos Humanos mais adequada.

Para efetuar o cadastro, o servidor deve ir presencialmente ao estande, montado no saguão da Assembleia, e não tiver condições, com motivo justificável, este precisa enviar um representante legal, com procuração reconhecida em firma.

Devem atualizar o cadastro, segundo o documento, servidores ocupantes de cargos efetivos ativos, inativos e pensionistas, bem como os funcionários ocupantes de cargos em comissão, ainda que tenham vínculo com outro poder ou sejam cedidos de outros órgãos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions