A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/03/2009 20:10

Associação defende promotores acusados por Zeca do PT

Redação

A ASMMP (Associação Sul-Mato-Grossense dos Membros do Ministério Público) saiu em defesa dos promotores de justiça acusados pelo ex-governador Zeca do PT de danos morais causados à imagem pública. O órgão também informa que os membros do MP (Ministério Público) não se intimidarão diante das investidas que possam tentar impedir o cumprimento de seu papel constitucional.

Na Procuradoria de Justiça, Zeca do PT protocolou duas ações (uma criminal e uma civil) contra os promotores de Justiça Marcos Sottoriva, Silvio Amaral Nogueira de Lima, Marcos Fernandes Sisti, Jiskia Sandri Trentin, Clóvis Amauri Smaniotto e Gilberto Robalinho da Silva.

O ex-governador contesta o fato de que nos seus dois mandatos anteriores (1998-2005) foi investigado clandestinamente pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), que é composto pelo MPE (Ministério Público Estadual) e polícias Civil e Militar.

Zeca pede na ação que seja feita a perícia dos equipamentos do grupo.

A Associação reforça que adotará todas as medidas necessárias relacionadas aos procedimentos envolvendo Zeca do PT ou qualquer outro investigado. Também esclarece que todos os associados acusados pelo ex-governador são integrantes de força-tarefa nomeada por ato da Procuradoria-Geral de Justiça para investigar representação formalizada no MPE de desvio de dinheiro público, durante a gestão de Zeca do PT.

De acordo com a Associação, os integrantes da força-tarefa agiram sob princípio da legalidade e no estrito cumprimento do dever funcional.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions