A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/10/2012 19:31

Ato pró Giroto reúne lideranças peemedebistas de todo o Estado

Nyelder Rodrigues e Nicholas Vasconcelos
Nelson Trad Filho reclamou de antigos aliados e de recusa de Bernal em participar de debates (Foto: Nicholas Vasconcelos)Nelson Trad Filho reclamou de antigos aliados e de recusa de Bernal em participar de debates (Foto: Nicholas Vasconcelos)

Várias lideranças do PMDB, tanto do interior como da Capital, estão reunidos na Associação Nipo-Brasileira para mais um ato político pelo candidato a prefeito de Campo Grande, Edson Giroto (PMDB).

Entre os presentes há prefeitos, vereadores, deputados estaduais, deputados federais, como Fábio Trad, irmão do prefeito Nelson Trad Filho. O governador André Puccinelli também participa do evento.

Puccinelli falou sobre o vídeo em que o deputado estadual Alcides Bernal (PP) aparece em uma suposta negociata, recebendo dinheiro que é passado a ele por baixo de uma mesa. O governador contou que uma perícia foi feita pela coligação, constatando a veracidade dele.

“Eu fiquei perplexo e isto tem que ser encaminhado para a Justiça”, comentou André. Ele também informou que o vídeo foi analisado em Belo Horizonte (MG), no instituto Seplag, pela fonoaudióloga Carla Aparecida Vasconcelos.

Hoje, lembrou do vídeo e disse que o eleitor do PSDB passou indignado com posição do partido.

O prefeito Nelson Trad Filho também está no evento. Em sua fala ao público, ele disse que o vídeo da suposta negociata de Bernal, insatisfeito com o apoio ao candidato, foi passado por um eleitor do PSDB.

Debates - Nelson Trad Filho também criticou a recusa de Bernal em participar dos debates que seriam promovidos pela TV Guanandi e SBT MS.

“A cidade pede que se debata mais. A população diz que não está segura para votar, pede mais enfrentamento de ideias. O nosso adversário fugiu do debate com o argumento de agenda, e tendo optado por outros compromissos”, questionou Trad Filho.

Além disso, o prefeito lembrou-se de tempos em que houve problemas administrativos, como atraso de salários. “Há pessoas que estão apoiando o Bernal são pessoas antigas e que o passado não recomenda. Vocês se lembram dos salários atrasados por quatro meses? Da fila no Albano Franco para fazer empréstimo do décimo terceiro salário?”.

Mudança de lado – Trad Filho também falou das recentes críticas que vem recebendo de um grupo político que até pouco tempo está junto com ele na administração municipal.

“Não teve ninguém mais criticado que eu e meus colaboradores. Os que agora me criticam ficaram do meu lado por sete anos falar nada. Nunca levantaram o traseiro para fazer nada. Eu devia ter desconfiado”, reclamou o atual prefeito.

Apoio do interior - Outro que conversou com os participantes foi o deputado estadual Junior Mochi, líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado.

O parlamentar pediu para os prefeitos e demais lideranças do interior se mobilizarem, fazendo com que os eleitores campo-grandenses que moram no interior votem e façam campanha para Giroto. “Publiquem, compartilhem a campanha”, pediu Mochi.



Não adianta esse ato, a vaca já foi pro brejo, queremos derrotar o André, pra ele entender que nós praças da Polícia Militar, fomos massacrados por esse governo na pessoa do Sr. CMT Geral da PM, que só promoveu coronéis, enquanto mais de 1000 vagas pra cabos e sargentos não são preenchidas. Coronéis e Tenentes Coronéis há um excesso absurdo e o MPE como sempre não sabe de nada não vê nada. Queremos dar um aviso apenas com a derrota de Giroto e nada for feito a derrota maior virá em 2014. Lá sim estará fora André, Nelsinho e Coronel Davi que já faz campanha pra Deputado em 2014. Percebeu que os praças não são bobos, prova disso é que não conseguiu eleger seu vereador.
 
Paulo de Tarso Ferreira em 23/10/2012 23:11:37
Que vergonha alheia estou sentindo.
 
Renato Gonçalves em 23/10/2012 22:05:45
mesmo sendo verdadeiro esse tal video, será dificil reverter essa situação, nao tem mais jeito, quando o povo vai para um lado não adianta, as pesquisas não apontam eleitores indecisos. ACORDEM o povo já se cansou. Obrigado Nelsinho pelo o que você fez por Campo Grande, mas agora chega. tchau, até 2014.
 
Roney da Silva Pereira em 23/10/2012 21:23:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions