A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

04/11/2013 16:54

Autores do pedido de processo contra Bernal pedem seu afastamento

Zemil Rocha e Zana Zaidan
Comissão Processante da Câmara vai analisar pedido de afastamento de Bernal (Foto: Marcos Ermínio)Comissão Processante da Câmara vai analisar pedido de afastamento de Bernal (Foto: Marcos Ermínio)

Os produtores rurais Luiz Pedro Guimarães e Raimundo Nonato, que também foram dirigentes do PP, acabaram de protocolar na Câmara de Campo Grande pedido de afastamento imediato de Alcides Bernal (PP). Os dois ex-aliados de Bernal foram autores do pedido de cassação que resultou na abertura de Comissão Processante, por 21 votos a oito, no dia 15 de outubro.

Ao apresentar o pedido de afastamento, eles afirmaram que têm acompanhado o trabalho da Comissão Processante e vislumbrado algumas atitudes do prefeito que podem resultar em prejuízo ao trabalho investigatório.

Para Luiz Pedro, essas atitudes do prefeito começaram no dia seguinte à instalação da Comissão Processante. Considera que houve coação contra o vereador Valdecy Chocolate (PP) em razão da tentativa de expulsá-lo do partido e na exoneração da esposa do parlamentar do cargo que ocupava na prefeitura.

Também considerou que Bernal também está por traz da perseguição contra o médico Renato Figueiredo, que seria integrante do Diretório Municipal do PSD. Ele teria sido afastado por Bernal por ter denunciando problemas nos postos de saúde.

Luiz Pedro Guimarães aponta ainda que estão em curso negociações por cargos na Prefeitura de Campo Grande, como forma de o prefeito impedir sua cassação. “É indício de que está tentando intervir no trabalho da comissão”, argumentou.

Embora os advogados de Bernal tenham entregue a defesa na Câmara, alegando que não há nenhuma irregularidade na administração municipal, Guimarães considera que a recente decisão do Tribunal de Contas do Estado, reprovando atos financeiros do prefeito e multando-o, reforçam as denúncias feitas pela CPI da Inadimplência. “Se não for verdade, que volte para cargo, mas que apresente documentos mostrando que não há nada de errado na administração”, afirmou.

Na avaliação dele, a cidade de Campo Grande está parada e só volta a crescer se o prefeito Alcides Bernal for afastado do cargo.




Na politica as coisas são complicadas, aliados são somente aqueles que conseguem apos a eleição a nomeação para cargos na administração, se isto não ocorre imediatamente viram inimigos, neste caso por exemplo conheço muito bem as partes envolvidas e guaranto que é cobra engolindo cobra.
 
juvenil marques do vale em 04/11/2013 20:11:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions